Problemas de transmissão no carro Mercedes 190

Escrito por james highland | Traduzido por fabrício calmon
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Problemas de transmissão no carro Mercedes 190
A troca de marchas talvez não seja feita de forma suave devido ao aumento da sensibilidade que colocaram na transmissão desses modelos

A linha de carros Mercedes 190 construídos entre 1984 e 1994 é segura, de luxo clássico, mas geralmente possui problemas de transmissão da marcha automática. A troca de marchas talvez não seja feita de forma suave devido ao aumento da sensibilidade que colocaram na transmissão desses modelos. Felizmente, esses são problemas específicos a serem observados quando comprar esse carro, assim como ver soluções simples de reparos antes de realizar um conserto maior.

Outras pessoas estão lendo

Modelos

Enquanto os Mercedes da linha 190 tenham começado em 1955, os frequentes problemas foram reportados nos dias de hoje afetando primariamente a transmissão automática nos modelos da série W201. Esses carros foram as variações finais construídos sob o nome de 190, antes de ser interrompido. Foram, também, as variações finais construídas com o nome 190, antes de serem interrompidas. O 190D de 1984 até 1991 e o 190E de 1984 até 1993 são os Mercedes mais comuns a terem esse problema de transmissão.

Sintomas

As dificuldades na transmissão se apresentam de várias formas, todas afetando a capacidade do carro no momento de se trocar as marchas. De acordo com a "Motor Traders Network", um dos problemas comuns é o da transmissão travar quando o motorista estiver trocando uma marcha maior para uma menor, geralmente na quarta. Os proprietários relatam travamento nas marchas, quando a troca de transmissão realmente não acontece. Motores com um alto RPM, mas sem a aceleração esperada podem apresentar falha na transmissão. Sons altos e agudos no momento da troca de marcha podem sugerir problemas de transmissão.

Causas

A maioria destes problemas surge a partir de peças em deterioração na transmissão. É menos frequente que derivem problemas de manutenção, como, por exemplo, os níveis do fluido de transmissão. Acessórios de plástico e borracha, vedações, mangueiras e cabos em volta da transmissão acabam sendo na maioria das vezes os culpados por esse problema. Em muitos casos, essas pequenas peças são as únicas coisas que evitam a transmissão de ser feita suavemente. No entanto, o radiador também pode desenvolver problemas, o que pode acabar afetando a transmissão. Raramente são os mecanismos internos de transmissão a origem do problema.

Manutenção

Antes de qualquer ato de reparação, é de grande ajuda que se mantenha todas as peças em perfeito funcionamento, cheque regurlamente coisas básicas, como o óleo e fluido de transmissão. Preste atenção na perda de refrigeração que tenha vazado para o fluido de transmissão. Caso o fluído seja espumoso, excepcionalmente escuro ou tenha cheiro de queimado, esse pode ser o problema. Lojas especializadas em transmissão vendem aditivos químicos de baixo custo que agilizam os processos de transmissão, muitas vezes com resultados eficazes.

Reparo

Embora a rotina de trocar o fluído de transmissão seja uma medida preventiva para evitar o desgaste da peças, porém isso não irá reverter o estrago que já foi feito. Se os problemas persistirem, comece com as peças pequenas. Muitos estão disponíveis em kits de revisão de transmissão. Verifique a pressão da bomba a vácuo e substituia os acessórios a vácuo e as linhas. Também procure por vazamentos em todas as mangueiras conectadas à transmissão e substituía se encontrar algum vazamento. Alguns deles são encontrados sob o painel. Essas correções são baratas e irão resolver a maioria dos problemas. Se não, um especialista em assuntos sobre transmissão deverá ser consultado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível