on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Processo de acasalamento dos pinguins-imperadores

Atualizado em 21 novembro, 2016

Os pinguins-imperadores (Aptenodytes forsteri) são aves grandes e coloridas nativas do continente Antártico. Eles desenvolveram um ritual de acasalamento diferente que aumenta as chances reprodutivas em um dos ambientes mais frios do planeta. Eles são conhecidos pela migração coletiva para lugares adequados ao acasalamento, onde passam o inverno e participam de um intenso processo de escolha dos pares, que requer meses de dedicação tanto para o macho quanto para a fêmea.

Pinguins-imperadores machos e fêmeas só escolhem um parceiro a cada ano (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Colônia de acasalamento

Em março, no começo do inverno antártico, os pinguins-imperadores viajam mais de 122 km por dias e noites em fila única em busca do lugar perfeito para o acasalamento. Os pinguins migram em grandes números das águas costeiras do continente antártico até as áreas de gelo mais estáveis, que conseguem suportar, com segurança, o peso da colônia de acasalamento que, frequentemente, contém milhares deles. Os machos são os primeiros a viajarem, seguidos pelas fêmeas depois de alguns dias.

Loading...

Namoro

Os machos atraem as parceiras através de chamados e desfiles diferentes durante o ritual de namoro. Os pinguins-imperadores formam elos monogâmicos que duram por todo o ano e o casal trabalha junto para criar sua prole durante o processo de acasalamento. Com milhares de animais no mesmo lugar, as diferenças na vocalização é a primeira maneira que os casais encontraram para se identificarem. Uma vez juntos, copulam e a fêmea bota, depois de dois meses, um único ovo.

Cuidados com o ovo

Assim que a fêmea coloca o ovo, ela transfere-o para o macho para que ele faça o resto da incubação. Depois, ela retorna para a costa para se alimentar e recuperar suas energias. Os pinguins machos sustentam os ovos entre seus pés e um grande ninho em formato de bolsa os cobrem e os isolam do frio extremo. Depois, os machos amontoam-se em grandes bandos onde protegem um ao outro contra os ventos e o clima severo enquanto os ovos se desenvolvem. Eles permanecem dessa forma por alguns meses até que os ovos choquem.

Cuidados com os filhotes recentemente chocados

Os filhotes chocam-se depois de nove semanas de incubação. As fêmeas retornam e tomam conta deles enquanto os machos voltam para o oceano para se alimentarem -- eles frequentemente perdem metade de seus pesos durante o processo de reprodução. Depois disso, machos e fêmeas revezam-se. Um vai para o oceano se alimentar e o outro fica tomando conta do bebê e vice-versa. A cada volta, os pais regurgitam comida para os pequenos alimentarem-se e desenvolverem-se. Depois de meses, os adultos completam seu processo de acasalamento e abandonam seus filhos. Os pinguins jovens andam em bandos juvenis chamados de creches para terminarem o desenvolvimento a tempo do verão antártico.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...