Processo de escavação de argila para uso em projetos de cerâmica

Escrito por anna roberts | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Processo de escavação de argila para uso em projetos de cerâmica
Cavar sua própria argila é uma alternativa barata para a argila comercial (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Cavar sua própria argila é mais demorado e trabalhoso do que comprar a argila comercial, mas também pode ser mais gratificante e mais barato. A maioria das argilas que você encontrar só serão adequadas para assar em temperaturas baixas. Asse suas peças a uma temperatura de 650 a 980 graus célsius.

Outras pessoas estão lendo

Encontrando argila

Depósitos naturais de argila são frequentemente encontrados perto de água ou enterrados abaixo do solo. Tente procurar argilas perto de rios, leitos, lagoas ou áreas onde o solo foi alterado, revelando as camadas inferiores. Sempre peça permissão antes de cavar argila em uma propriedade alheia e nunca cave em parques federais, estaduais ou locais. A argila em depósitos naturais pode ser dura e parecida com pedras, ou molhada, parecida com lama. Quando você encontrar caroços secos que possam ser argila, raspe-os com uma faca para liberar finas partículas. Molhe-as com água e mexa-as com seus dedos até que ela fique flexível. Enrole-a em uma cobra e de uma volta com ela em seu dedo. Se ela tiver elasticidade suficiente para passar por esses testes, você terá uma argila viável. Se encontrar argila úmida, pegue um pedaço e faça o mesmo teste.

Cavando

Se você precisar cavar para chegar até a argila, use uma pá e limpe a cada nível de solo conforme você trabalha para evitar misturar outro material com a argila, como folha, areia, rocha e húmus. Retire a camada superior do solo e coloque a argila em um balde ou carrinho de mão.

Hidratando

Coloque a argila em uma placa de gesso ou batedor (superfície de trabalho para argila) e deixe-a secar completamente no sol. Usando uma máscara de poeira, quebre a argila seca em pedaços do tamanho de ervilhas com um martelo. Secar a argila molhada só para molha-la novamente pode parecer sem sentido, mas a secagem permite que você quebre-a em pedaços uniformes que absorverão constantemente a umidade, produzindo um resultado final mais consistente. Coloque-a em um balde com água limpa o bastante para cobrir completamente a argila. Em questão de dias ou horas, a argila vai amolecer até virar uma pasta mole. Mexa-a (usando uma batedeira ou furadeira, se preferir) e despeje a argila pastosa em uma tela de malha para separá-la de detritos indesejados, pedra, galhos, etc. Uma tela de janela funciona bem. Deixe a argila descansar por algumas horas até que você possa retirar ou sugar a água da parte de cima e a argila esteja em uma consistência parecida com lama.

Secando e firmando

Retire o excesso de água de cima da argila e espalhe a argila úmida em uma placa de gesso ou batedor. Em seguida, deixe secar até que ela atinja uma consistência firma o bastante para amassar e rolar em suas mãos. O próximo passo do processo é chamado de firmar, no qual se amassa a argila em uma consistência viável enquanto retira as bolhas de ar e a deixa em uma textura uniforme e homogênea. Quando a argila estiver firme, use-a ou guarde-a embrulhada em plástico dentro de um saco fechado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível