×
Loading ...

Como é a produção em lotes usada na tecnologia de alimentos?

Atualizado em 17 abril, 2017

As empresas alimentícias têm vários truques comerciais que utilizam a fim de maximizar seu tempo e rentabilidade financeira. A produção em lotes é uma das formas na qual a tecnologia de alimentos pode planejar apropriadamente o uso de ingredientes e a produção de um produto finalizado da maneira mais eficaz possível. Essa produção cria uma quantidade menor do produto, permitindo que a empresa mantenha o controle sobre a quantidade que produz em relação a quanto é vendido.

A produção em lotes permite um controle sobre a quantidade de produto frente às vendas (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Desenvolvimento do produto

Como os pesquisadores alimentícios procuram desenvolver novos produtos ou reformular a produção atual, eles usam a produção em lote a fim de testar cada formulação antes de produzir um lote de tamanho comercial. Antes que uma formulação possa ser decidida, é importante produzir uma quantidade pequena para determinar qual será a ideal. A produção em lote pode ser usada no desenvolvimento de um produto para comparar vários lotes com as formulações variadas. Ela também pode ser útil quando uma pequena alteração precisa ser feita em uma receita para uma verificação rápida a fim de garantir que a mudança nos ingredientes não afetou a qualidade do produto. Isso pode acontecer quando se altera o fornecedor de um ingrediente ou quando um item mais barato é usado no lugar de um já existente.

Loading...

Para evitar grandes perdas de lucro

Quando não se sabe quanto de um produto específico o cliente vai pedir, é mais eficaz produzir em lotes de modo que não haja perdas de um produto não utilizado. Isso é especialmente pertinente para produtos da estação ou encomendas. Embora possa levar tempo fazer lotes menores ao invés de uma produção maior, a produção em lotes pode render no final quando menos matéria-prima vai para o lixo. Fabricantes terceirizados usam este tipo de produção para fornecer a um cliente exatamente o que ele pediu ao invés de arriscar a superprodução e perder sobras não compradas. As empresas que fabricam seus próprios produtos são, provavelmente, menos propensas a usá-la, já que eles podem estimar melhor a quantidade que são capazes de vender em um determinado ciclo de produção.

Para produzir produtos muito similares

A maioria das linhas de produtos alimentícios oferecem o mesmo produto, mas em diferentes sabores ou ingredientes variados. Os tecnologistas de alimentos geralmente produzem vários lotes do produto de base antes de passar para o próximo passo do processo de fabricação. Isso permite que tenham vários lotes deste produto pronto para a condimentação ou adição de ingredientes diversos. Ao usar a produção em lote, os fabricantes são capazes de completar uma fase do processo e, em seguida, são capazes de limpar e repor máquinas antes que a nova fase se inicie, tornando a produção mais eficiente.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...