Produtos químicos em exterminadores de erva daninha

Escrito por flora richards-gustafson Google | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Produtos químicos em exterminadores de erva daninha
Existem produtos químicos para matar quase qualquer tipo de erva daninha (dandylion weed image by Lansera from Fotolia.com)

Os exterminadores de erva daninha, também chamados de herbicidas, ajudam a eliminar plantas indesejáveis de jardins, culturas ou pastagens. As ervas daninhas podem crescer em abundância e competir com outras plantas por nutrientes encontrados no solo, na água e até na luz solar, especialmente conforme a erva daninha amadurece. Além disso, algumas ervas daninhas são tóxicas, podendo causar erupções na pele humana ou possuir espinhos pontudos. A melhor maneira de controlá-las é as eliminando assim que elas aparecem. Os exterminadores de erva daninha podem fazer isso.

Outras pessoas estão lendo

Dibrometo de diquat

Dibrometo de diquat é um produto químico que extermina a erva daninha ao regular o crescimento da planta invasora. A Universidade de Cornell afirma que esse produto químico age rapidamente e afeta somente as partes da planta que a química toca. No entanto, quando um indivíduo aplica dibrometo de diquat em uma planta que não seja uma erva daninha, ela também vai sofrer efeitos do produto químico. O dibrometo diqaut atua secando a erva daninha rapidamente. As plantas que se beneficiam de dibrometo de diquat, de acordo com a Universidade de Cornell, incluem videiras de batata, plantas aquáticas, culturas e canas de açúcar.

2, 4 - Ácido diclorofenoxiacético (2, 4-D)

2, 4-D mata as ervas daninhas, alterando a forma como as células crescem dentro delas. Um indivíduo pode usar 2, 4-D para matar ervas daninhas com folhas largas que crescem na grama, de acordo com o Centro Nacional de Informação de Pesticidas da Universidade Estadual de Oregon. Esse herbicida do tipo auxina mata as ervas daninhas ao fazer com que as células dentro de uma erva daninha responsáveis pela distribuição de água e nutrientes na planta se dividam e cresçam de forma incontrolável. Incluindo as ervas daninhas encontradas em gramados residenciais, o 2, 4-D ajuda a controlar as ervas daninhas em ambientes aquáticos, pastagens, estradas, culturas, campos de milho, trigo, soja, avelãs, cevada e cana de açúcar. De acordo com o NPIC, o 2, 4-D não mata a grama.

Glifosato

De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, o glifosato é um herbicida de amplo espectro e não seletivo encontrado sob a forma de um sal de isopropilamina. Quando ele é aplicado na erva daninha, as folhas absorvem rapidamente o glifosato e o distribuem em toda a planta. O glifosato não permite a produção de aminoácidos em plantas daninhas; portanto, a erva daninha não é capaz de sintetizar as proteínas corretamente. Como resultado, a erva daninha para de crescer e eventualmente morre. Esse produto químico ajuda a controlar ervas daninhas que vêm na forma de grama, plantas daninhas perenes com raízes profundas, árvores com folhas largas, arbustos ou árvores coníferas. No entanto, o glifosato não funciona em todas as plantas lenhosas que um indivíduo possa considerar uma erva daninha. De acordo com o USDA, o glifosato não é mais perigoso para uma erva daninha uma vez que o produto químico atinja o solo, pois as ervas daninhas não podem absorver o herbicida através de suas raízes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível