Como projetar um livro de receitas para publicar?

Escrito por christina hamlett | Traduzido por digiorgigis césar
Como projetar um livro de receitas para publicar?
Projetista de refeições (Photo by Christina Hamlett)

Se você decidir montar suas melhores receitas e lançar a coleção para uma editora tradicional, ou explorar a rota de autopublicação e a versatilidade de ebooks, existem algumas regras básicas que você precisa seguir quando se trata de layout. Veja aqui como começar.

Instruções

  1. 1

    Identifique o tema e o contexto do seu livro de receitas. Enquanto muitos livros de receitas seguem um formato de sopa de nozes padrão, não há escassez de títulos hoje que se concentram em um curso específico, isto é, sobremesas. Celebre a cozinha de uma região particular ou etnia, reflita as favoritas gerações de uma família, ou demonstre como perder peso, poupar dinheiro em mantimentos, aumentar os seus próprios ingredientes ou reparar desastres culinários antes de a companhia chegar.

  2. 2

    Identifique o seu público-alvo. Por exemplo, talvez você tenha escrito um livro de receitas que é perfeito para estudantes universitários que não tiveram experiência anterior com um fogão e, além disso, não têm dinheiro para estocar em seus armários itens como All Clad, Emeril and Le Creaset. Talvez seja sua intenção passar suas receitas favoritas da família para seus filhos e netos, ou dar a coleção como presente para amigos e colegas de trabalho. Uma vez que conhece seu público-alvo, você pode decidir se o conteúdo será de interesse apenas para aqueles que já lhe conhecem, ou se tem uma aplicação mais abrangente para estranhos e pode, no processo, também fazer-lhe algum dinheiro.

  3. 3

    Identifique como o seu livro de receitas vai ser publicado. Se você está lançando a ideia de uma editora tradicional, envie uma carta de apresentação descrevendo o projeto e duas ou três receitas de amostra. Se eles gostarem da ideia e quiserem seguir em frente, você provavelmente vai ser apenas responsável por enviar a eles o texto digitado de cada capítulo e (se você estiver incluindo fotos) fotografias de alta resolução. A formatação será toda feita pela editora, que também irá decidir sobre o tamanho do livro, o modelo de impressão, utilização de cor e o design da capa. Se, ao invés disso, decidir publicar o livro você mesmo, você será responsável por todas as coisas e estará tirando os manuscritos da câmera-pronta (ou de um disco) em uma loja de impressão, ou terá que carregar tudo em um local de autopublicação como as imprensas nos arredores (ver recursos abaixo), ou definir o conteúdo acima como um ebook, que você pode produzir em casa e enviar para os potenciais clientes por correio ou transmitir a eles eletronicamente. Para os fins deste artigo, nós vamos focar na formatação e montagem de tudo sozinho.

  4. 4

    Decida se seu livro de receitas vai ser todo em texto ou se vai intercalar fotografias coloridas. Se você já não tiver feito isso, comece a tirar fotos das refeições que vão ser apresentadas em seu livro. Pode-se, em vez disso, pretender utilizar fotografias da região onde a receita se originou, close-ups de alguns dos ingredientes individuais utilizados na refeição, ou figuras clip art que ilustram os grupos de alimentos e procedimentos em cada capítulo. Milhares de imagens livres de clip art estão disponíveis em sites como o "All Free Clip Art" (ver recursos abaixo).

  5. 5

    Estude os livros de receitas em sua própria coleção para reunir ideias sobre layout. Dependendo do seu orçamento, por exemplo, você pode querer ter uma foto de página inteira do prato no lado esquerdo e todos os ingredientes e preparação descritas no lado direito. Você pode querer começar cada seção "curso" do livro com uma página divisória em cor negrito, um close-up de pratos, copos, guardanapos, etc, ou talvez um desenho original relacionado a comida e bebida. Se você é um bom desenhista, pode querer experimentar fazer ilustrações com caneta por conta própria.

  6. 6

    Crie um modelo no Word para inserir o conteúdo de seu livro de receitas. Uma vez que cozinhar é difícil para muita gente, você vai querer que seu layout seja tão limpo e organizado quanto possível. Também deve haver coerência em todo o texto em termos de posicionamento da lista de ingredientes, as instruções, e artigos tais como substituições e aperfeiçoamentos.

  7. 7

    Crie uma tabela de conteúdos, um glossário de termos e um índice para que os leitores possam encontrar uma receita específica rapidamente. Mais uma vez, estude como os outros livros de receitas organizaram estes elementos.

  8. 8

    Projete uma capa que insinue as delícias que estão esperando dentro. Esta poderia ser uma imagem de um dos pratos que estarão aprendendo a preparar, uma foto ou um mapa da região, se o conteúdo gira em torno da cozinha étnica, uma vida com utensílios de cozinha ou até mesmo uma foto do autor. Você pode ir para uma imagem vintage, se o livro for uma coleção de receitas ancestrais. Mesmo os menus antigos fazem uma capa impressionante. (Gjenvick.com é um lugar divertido para começar a olhar para algumas capas ponderando as possibilidades).

  9. 9

    Selecione um estilo e forma para o seu livro de receitas. Um dos mais fáceis, por exemplo, é um formato de espiral em que o livro pode ser deixado aberto em uma bancada e facilmente consultado pelo cozinheiro enquanto ele cozinha. Livros de culinária também podem estar em um formato quadrado, estreito, vertical, ou - no caso de um conteúdo badalado - em forma de um peixe ou uma peça de fruta. Tenha em mente, contudo, de que se você vai utilizar uma forma e tamanho não-tradicionais, o custo para reproduzi-lo será significativamente maior.

Dicas & Advertências

  • Sempre meça com precisão e teste todas as receitas antes de colocá-las no livro. Você pode até mesmo querer ter amigos que testem as receitas em suas próprias cozinhas para se certificarem de que não deixou nada de fora.
  • Você vai querer as suas fotografias coloridas para parecer tão perfeito quanto possível para publicação. Programas como Roxio-PhotoSuite podem trabalhar como mágica quando se trata de recortes, colagens, efeitos especiais e manipulação de cores (consulte recursos abaixo).
  • Escolha uma fonte e fique com ela durante todo o livro. Você poderá, no entanto, querer ter a seção de títulos divisores e os nomes dos pratos individuais exibidos em uma fonte maior do que os ingredientes e procedimentos.
  • Se decidir publicar seu livro em formato eletrônico, será menos caro do que o custo de ter que imprimir fotos de cores brilhantes reproduzidas. Um meio eletrônico também lhe dá a flexibilidade de introduzir elementos interativos, tais como planificadores de menu, alterando a quantidade de ingredientes de acordo com o número de porções. (Esta é uma ferramenta muito útil para pessoas que gostam de comer, mas são terríveis em fazer contas de matemática.)
  • Editoras tradicionais estão mais interessadas em coleções que são únicas e comercialmente viáveis ao invés de memórias pessoais (a menos que o autor seja alguém famoso).
  • Nunca presuma conhecimento por parte do leitor. Se, por exemplo, você instruí-lo vigorosamente a fazer purê de alguma coisa, você precisa ter certeza de que ele sabe o que "purê" significa ou prover um glossário de forma que ele possa visualizar.

O que você precisa?

  • Camera digital
  • Software de edição de fotos

Lista completaMinimizar