Projeto escolar: separação do foguete feita com dois balões

Escrito por jeremy cato | Traduzido por marina costa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Projeto escolar: separação do foguete feita com dois balões
A separação do foguete pode ser demonstrada com um simples experimento com balão (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Ciência de foguetes é alvo de várias piadas por causa de sua notória dificuldade, mas alguns aspectos dessa disciplina são notavelmente simples de se entender. Um desses aspectos é separação do foguete, um princípio básico que faz a propulsão do foguete possível. A separação do foguete pode ser facilmente demonstrada com um experimento usando dois balões.

Outras pessoas estão lendo

Visão geral

Esse experimento demonstra a função separar de um foguete por uma simulação usando balões e propulsão de ar. O experimento leva menos de 30 minutos para ser montado e é executado em torno de 30 segundos. Enquanto você observa o experimento, note como os balões trabalham juntos para impulsionar o foguete e crie hipóteses sobre porquê esse método é o melhor para a propulsão do foguete.

Ferramentas que você precisará

Você precisará de apenas oito itens para esse projeto. Primeiro, você necessita de dois balões longos de festa como aqueles usados para fazer animais. Você não pode usar balões redondos para esse experimento; o formato deles impede a efetividade do projeto. Você precisa também de um rolo de linha de pesca de náilon mono-filamento de qualquer peso, dois canudos duros e largos de plástico, um pequeno copo de isopor, um rolo de fita crepe e tesoura. Esse experimento é projetado para ser feito em ambientes internos.

Montagem - Parte 1

Para montar esse experimento, corte 5 m de comprimento da linha de pesca (ou corte-a da largura da sala onde o teste será realizado). Insira uma das pontas da linha de náilon em ambos os canudos. Prenda com fita uma das pontas do fio a uma das paredes na sala, então prenda a outra ponta na parede oposta. Corte o copo na metade e descarte a metade inferior (você precisará somente do anel superior de isopor).

Montagem - Parte 2

Infle 3/4 de um balão e puxe a ponta do bico pelo anel de isopor. Peça a um parceiro para segurar o anel e o primeiro balão, enquanto você enche o segundo dentro do anel. O segundo balão deve ser enchido no meio do anel, a pressão deste deve segurar o ar do primeiro balão. Prenda com fita o foguete de balão aos canudos -- um balão para cada canudo. Puxe o foguete de balão cuidadosamente pela linha de pesca de volta para a primeira parede, segurando o segundo balão fechado.

Execução e explicação

Solte o segundo balão. O rápido lançamento de ar do segundo balão propulsionará o foguete até metade da linha, então o primeiro balão será lançado e continuará a impulsionar o foguete pelo caminho restante da linha. Este é o princípio básico por trás da separação do foguete. O primeiro balão a ser liberado (o segundo balão enchido) age impulsionando o foguete, então o segundo a ser solto (o primeiro enchido) termina impulsionando o foguete com um segundo estouro de energia no meio do voo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível