Mais
×

Como propagar árvores frutíferas lenhosas por estaquia

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

As árvores frutíferas lenhosas fornecem frutos frescos por muitas décadas, muitas vezes até excedendo a vida do ser humano. Embora essas árvores exijam pouca atenção depois de firmemente enraizadas, devem ser bem cuidadas, quando são novas, para que floresçam. Assim, em razão desses cuidados, pode ser caro adquirir árvores frutíferas novas já estabelecidas. Para o cultivador que deseja passar algumas horas por semana iniciando o cultivo, regando e fertilizando uma nova árvore, isto poderá ser feito por estaquia, ou seja por cortes de caules de uma árvore estabelecida.

Instruções

Propague árvores frutíferas lenhosas por estaquia (Apple-tree image by zalisa from Fotolia.com)
  1. Localize uma árvore frutífera existente, bem amadurecida, no início da primavera antes de começar a se formar brotos nas folhas, ou no final do outono depois da queda das folhas, quando o crescimento do ano já cessou. Selecione um caule longe, de 30 a 60 cm de comprimento, contendo pelo menos cinco ou seis junções de brotos de folhas. Corte-o da árvore usando tesoura de poda afiada.

  2. Apare a porção inferior do caule usando tesoura de poda. Conte três ou quatro junções de brotos de folhas acima da base e corte o resto da parte superior do galho. O resultado final deverá ser um total de quatro ou cinco junções de brotos de folhas ao longo de sua extensão, incluindo a base do galho.

  3. Raspe delicadamente a base da junção do broto de folha com um canivete para que a área fique nivelada com o resto do caule. Descasque a camada externa da casca do galho, a partir da junção do broto de folha inferior e suba até 5 cm acima dela.

  4. Mergulhe a porção inferior descascada da estaca em hormônio enraizador por cerca de cinco a dez minutos, para que este seja completamente absorvido.

  5. Encha o vaso de plantio com substrato sem terra (turfa funciona bem) até 5 a 7,5 cm da borda. Faça um buraco com 7,5 cm de profundidade no centro do substrato e despeje dentro dele 180 a 360 ml de água, deixando-a ser totalmente absorvida.

  6. Remova a estaca do hormônio enraizador e coloque a porção descascada dentro do buraco umedecido do material de plantio. Acabe de preencher o buraco e soque o material com firmeza para que a estaca fique bem apoiada.

  7. Umedeça o material de plantio despejando cerca de dois litros de água em sua superfície.

  8. Envolva o vaso com a estaca em um saco plástico transparente de 40 litros para que se forme uma pequena estuda. Amarre sua parte superior e deixe-a repousar suavemente acima da estaca, mas sem contatar qualquer área dela. Deve haver muito espaço aéreo entre o saco e a estaca.

  9. Coloque toda a unidade em local quente próximo a uma janela que receba alguma iluminação indireta, mas não seja diretamente exposta ao sol. Se necessário, instale uma persiana perto da planta para permitir a passagem de alguma luz solar.

Dicas

  • Espere até a nova árvore formar raízes, em cerca de dois a três meses, e então transplante-a para a área externa na primavera, quando o tempo estiver quente e tenham cessado as noites frias da estação.

Aviso

  • Amarre frouxamente a parte de cima do saco plástico para permitir a circulação de uma pequena quantidade de ar a fim de impedir a formação de mofo e míldio na casca da nova árvore.

O que você precisa

  • Tesoura de poda
  • Canivete
  • Hormônio enraizador
  • Vaso de plantio de 20 litros
  • Saco de substrato para vasos, sem terra, de 2,5 kg
  • Saco plástico transparente de 40 litros
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article