Mais
×

Como propagar espécies de Callistêmon a partir da estaquia

Atualizado em 12 abril, 2018

Espécimes de callistêmon são populares como árvores decorativas. Suas flores se assemelham a escovas de mamadeira, o que deu à elas se nome em inglês ("Bottlebrush", ou 'Escova de garrafa'). A propagação dessa planta não é um processo difícil, valendo-se de princípios básicos de estaquia para ser conduzida. Estas plantas são de tronco lenhoso e a propagação por estaquia é a melhor maneira de produzir uma planta com a aparência da planta mãe. Propagar uma planta através de estacas é também chamada de propagação assexuada, e é utilizada na multiplicação de várias espécies de vegetais além de plantas do gênero Callistemon.

Instruções

Plantas lenhosas podem ser facilmente propagadas através da estaquia (NA/Photos.com/Getty Images)
  1. Mergulhe a ponta de sua tesoura no álcool para esterilizá-la. Bactérias presentes na lâmina podem infectar as estacas e prevenir o enraizamento apropriado.

  2. Preencha o vaso onde você vai plantar sua estaca com vermiculita. A vermiculita não possui propriedades orgânicas e irá ajudar a manter a plante em pé e prover fluxo de ar adequado à área radicular da planta, facilitando o desenvolvimento da estaca. Você irá precisar de um meio de plantio que retenha a umidade mas também tenha uma boa drenagem, além de ser estéril e nutritivo para a planta. Regue o substrato antes de colocar a nova planta nele.

  3. Faça o corte da estaca logo abaixo de um nó da planta mãe. Você irá precisar de pelo menos um nó na própria estaca para que se formem as raízes. Assim como com a maioria das plantas lenhosas, é melhor fazer a estaquia no outono, quando as plantas entram em dormência. Também é melhor fazer o corte de um galho relativamente novo da planta, que não seja muito lenhoso. Plantas lenhosas tendem a enraizar melhor quando a estaquia é conduzida durante este estado de dormência.

  4. Remova folhas e outras estruturas presentes abaixo da área do nó que será enterrado no substrato. Não faça cortes com flores ou você terá que removê-las, pois a energia armazenada na estaca deve ser direcionada exclusivamente para a produção de raízes.

  5. Coloque um pouco de hormônio de enraizamento em um prato separado, pois você não quer contaminar toda a sua amostra caso alguma estaca esteja infectada. Molhe a ponta da planta que será enterrada no substrato com o hormônio e sacuda para remover o excesso. Certifique-se de cobrir pelo menos um nó da estaca com o hormônio.

  6. Enterre a estaca no substrato o suficiente para que ela fique em pé por si só. Lembre-se de colocar pelo menos um nó sob o solo.

  7. Coloque o vaso com a planta em uma área que irá receber luz intensa e direta. Mantenha o recipiente úmido enquanto a planta está em processo de enraizamento. Sua Callistêmon deve formar raízes em poucas semanas. Após o estabelecimento apropriado da planta, você pode plantá-la diretamente no solo ou em outro vaso com um substrato composto.

O que você precisa

  • Hormônio de enraizamento
  • Álcool
  • Vermiculita
  • Vaso
  • Água
  • Tesoura de poda
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article