Propriedades químicas da espuma de poliuretano

Escrito por dan antony | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Propriedades químicas da espuma de poliuretano
A sola resistente e de longa duração é de poliuretano, como é a almofada do seu sofá (Image by Flickr.com, courtesy of Steve Ling)

Há duas classes gerais de espuma de poliuretano, que variam em flexibilidade e dureza. As propriedades químicas dessas classes criam suas propriedades físicas (ou propriedades físico-químicas).

Outras pessoas estão lendo

Reações

As propriedades do poliuretano são determinadas na fase de reação química pelo uso de dióis ou polióis (álcoois complexos) e diisocianato (um químico orgânico com dois – N = C = O ou grupos de cianato) e também pelo uso de gases e espumas.

Flexibilidade

Existem três espumas flexíveis de poliuretano (PFP). Uma é usada em colchões e almofadas. O poliuretano microcelular é mais firme e é usado para a linha de capacetes atléticos e assentos para carros. O elastómero PFP é firme e durável e é usado em solas externas de calçado (tênis em particular).

Durabilidade

A espuma de poliuretano rígida é usada no isolamento e na reparação estrutural de fissuras no cimento. Essa espuma tem propriedades superiores resistentes à água e propriedades de isolamento (adequadas para o ônibus espacial).

Aderência

Todo poliuretano tem propriedades adesivas fracas porque, quimicamente, é um polímero bastante neutro, mas possui excelentes propriedades de aderência. Então, ele pode ser colado ao couro, tecido e assim por diante. Sua propriedade de espuma permite preencher rachaduras e fissuras, para que não tenha aderência ao cimento, mas se apegue a ele.

Densidade e resistência

Essa propriedade físico-química varia conforme o grau de dureza da espuma. Uma almofada de sofá tem um núcleo de baixa densidade (então, é leve), uma sola de tênis tem um núcleo de alta densidade (então, é pesada). A resiliência descreve a capacidade da espuma de voltar à sua forma. As almofadas têm alta resiliência e não tem praticamente nenhum isolamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível