Mais
×

Prós e contras dos estilos de liderança de equipes

Em 2005, o especialista em liderança John Maxwell identificou a influência como a verdadeira grandeza da liderança. O papel de um líder é, em última análise, influenciar os membros da equipe a realizar uma determinada tarefa, promover a harmonia da equipe e motivá-la. Em 1939, o cientista social Kurt Lewin aplicou suas teorias sobre o desenvolvimento organizacional e identificou três estilos de liderança: autoritária, participativa ou democrática, e liberal — também conhecida por laissez-faire, no francês. Cada estilo tem suas próprias vantagens e desvantagens. Por isso, a percepção de cada estilo de liderança auxilia o gestor na adoção da abordagem adequada conforme o contexto de uma determinada situação.

Um líder eficaz motiva os membros da equipe (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Liderança autoritária

Um líder autoritário adota uma abordagem dominante e ditatorial ao liderar os membros da sua equipe. Esse estilo de liderança impõe autoridade através de regras e procedimentos rígidos, em vez de incentivar o trabalho em equipe. A liderança autoritária se encaixa melhor em situações estressantes e de urgência. Tais circunstâncias exigem um líder firme, resoluto e que seja capaz de tomar decisões sem consultar os membros da equipe. No entanto, um líder autocrático pode facilmente cultivar uma resistência passiva em seus seguidores, o que resulta em menor desempenho dos membros da equipe.

Liderança participativa ou democrática

O líder democrático ou participativo envolve os membros da equipe no processo de tomada de decisão. Ele fomenta a participação entre os seus seguidores e tem como objetivo fornecer orientações ao invés de autoridade. Esse tipo de liderança tem como objetivo motivar e capacitar os membros da equipe. O foco na participação e na tomada de decisão coletiva cria um sentimento de pertencimento à equipe. Às vezes, no entanto, o líder democrático pode ser visto como inseguro e incapaz de chegar a uma decisão final sem antes consultar seus seguidores.

Liderança liberal — laissez-faire

O líder liberal ou de "reino livre" dificilmente concede alguma orientação aos membros da sua equipe. O controle do grupo é mínimo; a autoridade é compartilhada entre os membros. A abordagem liberal pode se revelar um tipo eficaz de liderança quando a equipe já alcançou a sua identidade e harmonia, resultando em membros motivados e talentosos. Em tais ocasiões, o compartilhamento da autoridade e uma direção mínima capacitam os integrantes da equipe. Entretanto, a falta de direção na liderança liberal pode resultar na desmotivação dos membros. Eles podem se sentir perdidos e sem o apoio do seu líder.

O líder eficaz

Em seus estudos, Lewin concluiu que a liderança participativa ou democrática produz os melhores resultados, uma vez que fornece um meio termo entre a autoridade extrema do líder autoritário e a falta de direcionamento da liderança liberal. No entanto, cada estilo de liderança pode se mostrar eficaz quando aplicado no contexto apropriado. O papel de um líder eficaz é adotar o estilo que melhor se encaixa à dinâmica da equipe.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article