Prós e contras do uso de vaporizadores em geradores de propano

Escrito por will gish | Traduzido por alisson dantas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Prós e contras do uso de vaporizadores em geradores de propano
O propano é o mais abundante dos gases combustíveis residenciais (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Geradores de propano criam energia através da conversão de gás combustível em eletricidade. Estes geradores contêm inúmeras partes de funcionamento, incluindo o vaporizador. Vaporizadores ajudam a transferir combustível de uma seção do gerador para outra, para realizar um ótimo desempenho. Os benefícios da inclusão de um vaporizador em seu gerador de propano superam as poucas desvantagens de fazê-lo. Ao decidir sobre a possibilidade de incluir um vaporizador em seu gerador, tenha sempre em mente as informações fornecidas pelo fabricante do gerador.

Outras pessoas estão lendo

Vaporizadores

Geradores de propano usam um tipo de combustível conhecido como gás de petróleo liquefeito, ou GLP, uma combinação de propano, butano e propeno. O GLP vem na forma líquida, porém, deve ser convertido para uma forma gasosa de modo a funcionar com um gerador de gás propano. O vaporizador converte o GLP a partir do seu estado líquido para o estado gasoso. Vaporizadores são ligados ou à abertura de um recipiente de GLP ou em um tubo que liga o reservatório ao gerador. Sem vaporização, queimadores de propano não podem converter GLP em energia.

Benefícios

A principal vantagem de vaporizadores resulta do fato de que um gerador de propano não funciona sem o GLP gasoso, mas GLP comerciais vêm em uma forma líquida. Vaporizadores realizam a principal atividade de conversão de GLP a partir de um estado para outro para a geração de energia. Instalar um vaporizador em um gerador de gás propano também garante que nenhum combustível líquido vaze do tanque de GLP para o gerador; geradores de propano não são projetados para lidar com líquidos, e a intrusão de líquido no sistema pode causar sérios danos. Além disso, o combustível líquido pode passar do gerador para a sua casa, o que cria um risco de incêndio – vaporizadores evitam isso.

Desvantagens

De acordo com o Guia de Gerador de Lazar, vaporizadores são desnecessários em certos geradores. O autor Lazar Rozenblat afirma que as propriedades físicas do GLP fazem que o material evapore quando ele passa de áreas de alta pressão para outras de baixa pressão. Por exemplo, se você armazena GLP para o seu gerador de gás propano em um contêiner de alta pressão e o libera em tubulações de baixa pressão ligadas ao gerador, ele vaporiza devido à mudança da pressão. Devido a isto, um vaporizador pode provar ser um custo desnecessário, e sua instalação, uma perda de tempo. No entanto, o ato de vaporização devido à pressão não garante que o GLP líquido não vaze da área de armazenamento.

Informação e códigos dos fabricantes

Sempre leia as informações fornecidas pelo fabricante do gerador de propano. Se esta informação requerer o uso de um vaporizador, ou se o seu gerador vem com um vaporizador, sempre o use. A não utilização do vaporizador pode afetar o desempenho do gerador ou invalidar sua garantia. Além disso, verifique o código de gás combustível local antes de tomar uma decisão sobre a possibilidade de remover ou instalar um vaporizador. O código de gás combustível da Flórida, por exemplo, requer um dispositivo que impeça o GLP de assumir a forma líquida em um sistema de aquecimento. Um vaporizador constitui-se de tal dispositivo. Em ambos os casos, o uso de um vaporizador proporciona benefícios óbvios, e não há outros inconvenientes além do custo da unidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível