Como proteger seu cão contra carrapatos sem usar produtos químicos

Escrito por dave donovan | Traduzido por fellipe jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como proteger seu cão contra carrapatos sem usar produtos químicos
Proteja com produtos naturais seu animal de estimação (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O verão é uma das melhores épocas e uma das piores quando se é dono de um cão. Claro, há uma tonelada de produtos no mercado hoje em dia para combater carrapatos, mas às vezes os produtos químicos usados podem ser tão prejudiciais quanto os insetos. Então, como se pode proteger de forma segura o cão durante os "dias de cão" de verão? Veja como protegê-lo contra carrapatos sem usar produtos químicos.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Entenda que cães saudáveis ​​são muito mais capazes de repelir pulgas e carrapatos do que um cão que não é tão saudável. Pulgas e carrapatos são parasitas e, normalmente, infestarão o animal mais fraco primeiro. Então, leve o cão ao veterinário e faça um check-up. Isso ajudará a garantir que o animal esteja em plenas condições físicas. Descobriu-se que alterando a dieta para incluir alimentos crus ou preparados em casa pode ser extremamente benéfico para sua saúde geral. Na verdade, muitos veterinários holísticos sugerem que fornecer ao animal uma dose diária de óleo de salmão e probióticos pode melhorar drasticamente a saúde do animal de estimação. Se o cão tem a pele seca e escamosa, um sistema imune fraco ou um problema de pelagem ruim, eles são os principais alvos de pulgas e carrapatos.

  2. 2

    Adicionar uma pequena quantidade de vinagre de maçã à água potável do cão pode ter capacidades excelentes de repelência contra pulgas e carrapatos. Alguns especialistas holísticos também sugerem a adição de vitaminas do complexo B, zinco e mineral à água para garantir que o animal fique sem parasitas.

  3. 3

    Use óleos essenciais em um frasco de borrifar água comum para evitar a ocorrência das pragas naturalmente. Borrife o cão exatamente antes de ir para uma área onde acha que pulgas e carrapatos podem estar presentes. Adicione dez a 20 gotas de óleo essencial em 1 litro de água destilada ou da torneira. O recipiente deve ser de vidro de cor escura. Assegure-se de borrifar o local onde o cão dorme e em torno de portas e rodapés em sua casa, para uma proteção completa. Agite bem o frasco antes de usar. Será preciso aplicar a fórmula com mais frequência do que seria necessário com um repelente comercial, mas é muito mais segura e melhor para o animal de estimação.

  4. 4

    Converse com o veterinário sobre o desejo de proteger o animal de estimação com produtos naturais. Tenha cuidado, porém, porque muitos veterinários gostam de empurrar repelentes de pulgas e carrapatos quimicamente produzidos porque isso aumenta seus rendimentos. Se tem um bom relacionamento com o veterinário e ganha sua confiança, então deve-se conversar abertamente com ele sobre essa questão.

Dicas & Advertências

  • Alguns óleos essenciais que funcionam muito bem para repelir pulgas e carrapatos são: citronela, cedro, eucalipto, erva-cidreira, hortelã e lavanda.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível