Protocolo da dexmedetomidina

Escrito por lexa w. lee Google | Traduzido por fabio escalhão
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Protocolo da dexmedetomidina
A dexmedetomidina ou Precedex é usada para sedar pacientes em terapia intensiva (Visage/Stockbyte/Getty Images)

A dexmedetomidina ou Precedex é usada para sedar pacientes em terapia intensiva. Essa droga permite que eles fiquem conscientes e capazes de se comunicar. Sua administração é feita por infusão contínua, sendo útil também para controlar ansiedade e dor.

Outras pessoas estão lendo

Dose de ataque

A terapia com Precedex normalmente é iniciada com uma dose de ataque, que é infundida na taxa de 1 micrograma/kg/10 minutos. Essa dose inicial pode não ser necessária em pacientes que já estiverem sedados. Se o Precedex for associado a outros sedativos, pode ser necessário que a dose de cada um deles seja diminuída.

Dose de manutenção

A velocidade de infusão de Precedex deve ser ajustada individualmente para produzir o efeito desejado. A dose de manutenção recomendada em unidades de terapia intensiva é de 0,2 a 0,7 microgramas/kg/hora ou 0,2 a 1,0 mcg/kg/hora na sedação prévia para cirurgia ou outros procedimentos.

Outras recomendações

A diminuição da dose pode ser necessária em pacientes com problemas renais ou hepáticos, bem como em pessoas com idade superior a 65 anos. Ao contrário de outros sedativos fortes, o Precedex não está associado com depressão respiratória.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível