O protocolo de extração CTAB

Escrito por joy prescott | Traduzido por ilve maria
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O protocolo de extração CTAB
A moagem quebra as paredes celulares das plantas para a extração do DNA (Jason Reed/Ryan McVay/Digital Vision/Getty Images)

Os compostos químicos brometo de cetiltrimetilamônio, brometo de hexadeciltrimetilamônio, brometo de palmitiltrimetilamônio e brometo de cetrimônio são todos conhecidos também por CTAB. O produto químico é utilizado como um mantedor de pH no genoma-sequencial do DNA, em especial das plantas.

Outras pessoas estão lendo

Fórmula CTAB

As quantidades das fórmulas dos vários produtos químicos CTAB diferem dependendo do laboratório. No entanto, todos os ingredientes incluem 1 M Tris HCl pH 8.0, 0,5 M EDTA, 5 M NaCl e H2O (algumas vezes destilada duas vezes). Para o componente de CTAB, alguns laboratórios utilizam brometo de cetiltrimetilamônio e outros o brometo de hexadeciltrimetilamônio.

Preparação de tecidos vegetais

A preparação do tecido da planta pode variar, dependendo do material. Paredes e membranas celulares devem ser quebradas para se ter acesso ao material nuclear sem qualquer degradação. Normalmente, na moagem, o material vegetal com nitrogênio líquido permite o acesso ao DNA, mantendo as enzimas celulares prejudiciais e produtos químicos inativos.

Suspensão e centrifugação

O tecido triturado é colocado na lâmina CTAB e inserido em um recipiente com água corrente. Em seguida, é misturado com clorofórmio e centrifugado para separar as proteínas solúveis e outros materiais. O DNA é então precipitado a partir da fase aquosa e cuidadosamente lavado para remover os sais contaminantes. O DNA purificado é então retirado e armazenado em uma lâmina TE ou água destilada estéril.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível