O Prozac ajuda em casos de ansiedade generalizada?

Escrito por kenny soward | Traduzido por maria cristina marques
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O Prozac ajuda em casos de ansiedade generalizada?
Ansiedade (Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

A ansiedade é um sentimento de preocupação ou medo e ocorre naturalmente quando você se depara com uma situação estressante, como ter um papel importante em uma apresentação grande ou falar na frente de um grande número de pessoas. A ansiedade pode se tornar um problema maior se provocar sintomas secundários ou permanecer por muito tempo depois do evento estressante ter passado. Embora existam muitas maneiras naturais para aliviar os sintomas de ansiedade, o Prozac, uma droga usada pela primeira vez nos EUA em 1987, é frequentemente prescrito como uma cura geral para o transtorno de ansiedade.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas secundários de ansiedade

Além do medo ou preocupação que você vivencia com a ansiedade em geral, podem haver sintomas de ansiedade secundários. Músculos tensos, diarréia, dores de cabeça, palpitações e transpiração excessiva são sintomas secundários de ansiedade e podem indicar um distúrbio de ansiedade.

Caso você tenha casos crônicos de qualquer um destes sintomas e tem estado sob uma grande quantidade de estresse por um longo período de tempo, consulte o seu médico para determinar se você tem um transtorno de ansiedade.

Enquanto a maioria dos sintomas de ansiedade pode ser tratada naturalmente com uma boa dieta e exercício, incorporando terapia comportamental e regulando a quantidade de estresse a que você se expõe diariamente, um transtorno pode durar meses ou anos após o tratamento dos primeiros sintomas e pode afetar sua vida de forma muito negativa. O seu médico pode sugerir Prozac como uma maneira de diminuir substancialmente a sua ansiedade e os seus sintomas secundários, permitindo-lhe voltar a uma rotina normal.

Prozac para ansiedade

O Prozac é prescrito para uma variedade de distúrbios de ansiedade, como o TOC (transtorno obsessivo compulsivo), episódios maníaco-depressivos, bulimia, transtorno bipolar e ataques de pânico. Estes tipos de perturbações de ansiedade são causadas por desequilíbrios de neurotransmissores no cérebro. A serotonina é um desses neurotransmissores alvejados pelos médicos, quando os distúrbios de ansiedade persistem.

O medicamento funciona aumentando os níveis de serotonina no cérebro, bloqueando a sua re-absorção para a sinapse cerebral. O Prozac demora para agir e por isso é facilmente tolerado pela maioria das pessoas. Faça o acompanhamento com o seu médico para saber a dosagem certa para você. Geralmente, o seu médico irá iniciar com 20 mg de Prozac por dia e aumentar ou diminuir a sua dose para alcançar os resultados desejados.

Os efeitos colaterais incluem náuseas, sonolência, sonhos estranhos e disfunção sexual. Se for tomado em doses muito altas, o Prozac pode ter um efeito contrário e fazer com que você se sinta mais inquieto, nervoso ou ansioso. Informe o seu médico logo que sentir algum destes efeitos secundários, especialmente se ele estiver aumentando gradualmente a sua dose diária. A boa notícia é que o Prozac tem menos sintomas de abstinência e, por isso, vai ser muito mais fácil interromper o seu uso assim que a sua ansiedade estiver regulada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível