Saúde

Como fazer uma punção venosa

Escrito por amber keefer | Traduzido por sonia oliveira
Como fazer uma punção venosa

Descubra como fazer uma punção venosa

seringa com sangue image by António Duarte from Fotolia.com

Uma punção venosa é o processo de coleta de sangue de uma veia para ser testado em laboratório. O sangue é coletado por uma seringa com agulha e é normalmente tirado de uma veia do braço, na parte de dentro do cotovelo. Apesar de ser definido como um processo de diagnóstico invasivo, a punção venosa é considerada relativamente segura e com poucos riscos de complicações. Os flebotomistas, e outros profissionais de saúde, são treinados para realizar as coletas de sangue, e têm de seguir diretrizes específicas para recolher e processar as amostras coletadas.

Nível de Dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tubos de coleta com a codificação de cor adequada
  • Agulha descartável de calibre 21 ou 22
  • Lenços com álcool esterilizados
  • Torniquete
  • Compressa de gaze esterilizada
  • Bandagem adesiva
  • Luvas descartáveis sem látex

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Identifique o paciente. Verifique a pulseira de um paciente hospitalizado. Peça ao paciente no ambulatório outras informações de identificação, como a data de nascimento, para confirmar a identidade. O "Clinical and Laboratory Standards Institute" (CLSI) (Instituto das normas clinicas e laboratoriais) estabelece os padrões de flebotomia para os profissionais de saúde, que coletam sangue nos Estados Unidos (ver Referência 3), para assegurar a segurança do paciente e o atendimento padronizado.

  2. 2

    Veja na ordem de requisição as informações do paciente, os testes a serem efetuados, bem como outras instruções especiais.

  3. 3

    Junte todo o equipamento necessário (listado acima sob Coisas de que precisa).

  4. 4

    Quando forem pedidas várias amostras, determine a ordem de coleta das mesmas. Os tubos têm tampas de borracha de cores diferentes conforme o tipo de aditivo contido nos tubos. As amostras de sangue para análise devem ser recolhidas nos tubos corretos.

  5. 5

    Escolha o lugar apalpando o braço. Procure uma veia cheia que tenha retorno. Os flebotomistas geralmente recolhem o sangue das veias cefálica ou cubital média; contudo, a veia basílica no antebraço é outro local bastante escolhido. Entre as áreas a evitar, devido a possíveis complicações ou resultados errôneos, estão áreas com cicatrizes, hematomas, o braço do mesmo lado onde foi feita uma mastectomia, veias nos pés ou pernas ou o lugar acima de uma cânula intravenosa (um tubo inserido no braço para administrar medicação). O sangue não deve ser coletado quando o paciente está recebendo uma transfusão de sangue.

  6. 6

    Retire a amostra. Posicione o paciente com o seu braço estendido; o pulso deve estar mais baixo do que a dobra do braço. Aplique o torniquete a cerca de 7,5 cm acima do lugar escolhido para a punção. Instrua o paciente a cerrar o punho de forma que a veia dilate. Esterilize o local com um lenço com álcool em movimentos circulares. Insira a agulha rapidamente através da pele num ângulo de 15 a 30 graus. Faça a punção venosa na mesma direção que a veia corre, alinhando a agulha com a veia. O sangue é empurrado pelas veias na direção ascendente, em direção ao coração, por isso, posicione a agulha na mesma direção que o sangue corre.

  7. 7

    Retire o torniquete quando estiver coletando o último tubo de sangue. Retire a agulha, coloque a gaze por cima do local da punção e faça pressão. Veja se o sangramento parou. Descarte as agulhas num recipiente para objetos cortantes, e outros materiais perigosos, usados na coleta, nos recipientes apropriados, de acordo com os procedimentos de controle de infecções.

  8. 8

    Agite e etiquete os tubos. A etiqueta deve indicar o último nome do paciente, o primeiro nome e a inicial do meio, o número de identificação do paciente, a data e hora a que a amostra foi recolhida, bem como as iniciais do flebotomista que efetuou a punção venosa. Envie as amostras para o laboratório para serem processadas.

Dicas & Advertências

  • Os flebotomistas são obrigados a usar luvas de acordo com as políticas e práticas de precaução universais. Outra precaução obrigatória é a lavagem frequente das mãos.
  • Assegure-se de que o paciente seguiu as restrições especiais de dieta antes de coletar as amostras de sangue.
  • Normalmente é usada uma agulha de calibre 21, exceto quando a veia é muito pequena.
  • Se aparecer algum hematoma quando estiver coletando o sangue, retire imediatamente a agulha e faça pressão local durante vários minutos.
  • A coleta de sangue em pacientes mais idosos pode ser mais difícil, uma vez que as mudanças na pele devido ao envelhecimento os tornam mais propensos a hematomas. O decréscimo na circulação pode também dificultar o processo de coleta, as vezes não coletando o suficiente para análise.
  • Não tente coletar sangue do mesmo paciente mais do que duas vezes. No caso de não conseguir fazer a coleta após a segunda tentativa, avise uma enfermeira ou um médico.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media