Quais são as adaptações do mico-leão-dourado?

Escrito por yasmin zinni | Traduzido por valéria wanda fernandes barbosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as adaptações do mico-leão-dourado?
O mico-leão-dourado pode viver por até 17 anos na natureza (Anup Shah/Photodisc/Getty Images)

Endêmico do sudeste do Brasil, o mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia rosalia) é um membro da família Callitrichidae, a qual inclui os saguis. Pesando em média cerca de 5,8 kg, esse pequeno animal ameaçado tem pelo longo de coloração brilhosa dourada a laranja com uma juba parecida à de um leão, dedos logos e finos e vocalizações e dentição específicas. Tais adaptações evolutivas fazem dessa uma espécie distinta dentre os primatas do Novo Mundo.

Outras pessoas estão lendo

Mãos

O mico-leão-dourado tem uma dieta variada, incluindo frutas, flores, ovos de pássaros, insetos e outros pequenos animais. Ao longo de sua evolução, eles desenvolveram mãos longas e finas com dedos longos e unhas parecidas com garras que servem para sondar cascas de árvores atrás de insetos e entre as folhas e flores das bromélias, plantas tropicais normalmente encontradas presas a troncos de árvores.

Cor

Embora muitas espécies de animais mostrem diferentes padrões de coloração entre fêmeas e machos, no mico-leão-dourado ambos os sexos possuem um casaco laranja. Os altos níveis de pigmento feomelanina são responsáveis por sua cor. A cor distinta da sua pelugem provavelmente teve um papel importante na seleção natural da espécie nos primeiros passos da sua evolução.

Vocalização

O mico-leão-dourado vive em família e protege o seu território através de marcações de cheiro e vocalizações. Eles produzem um som parecido com um espirro para se comunicar com outros membros da família, a qual pode ocupar uma área de até 40 hectares. Embora outras espécies de macacos também usem vocalização para se comunicar, os chamados parecidos com espirros do mico-leão-dourado é exclusivo da espécie. Essas vocalizações normalmente estão relacionadas a situações de perigo, alimentação ou receptividade sexual.

Dentes

Em ambos os lados de cada mandíbula, o mico-leão-dourado têm dois dentes molares ao invés dos três apresentados por outros macacos do Novo Mundo, primatas nativos das Américas Central e do Sul. Essa adaptação provavelmente está relacionada com o tamanho reduzido da espécie, quando comparada com outros macacos do Novo Mundo. Os dentes caninos, especialmente na mandíbula inferior, normalmente são menores no mico-leão-dourado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível