Quais são algumas características importantes das economias japonesa e coreana?

Escrito por tasos vossos | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são algumas características importantes das economias japonesa e coreana?
O crescente aumento da importância do yen tem sido proporcional ao crescimento da economia do Japão (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

O rápido crescimento do mercado japonês durante os anos do pós Segunda Guerra Mundial e até o final dos anos 1980, bem como a prosperidade sul coreana, primeiramente entre os anos 1970 até a última década do século XX, atraiu a atenção de economistas por todo o mundo. Professores e economistas como Randall Morck e Bernard Yeung e publicações como o "Economist" e "EconomyWatch" têm estudado esses dois mercados e determinado os elementos que os distinguem das chamadas economias desenvolvidas do Ocidente.

Outras pessoas estão lendo

Chaebol Sul Coreano

Na Coreia do Sul, grandes conglomerados com operações no mundo todo, inclusive Samsung e Hyundai, dominam o mercado. Tais conglomerados são chamados de "chaebol" e, de acordo com o Economist, são a força principal por trás da prosperidade econômica do país, ajudando-o a se recuperar rapidamente da crise financeira asiática de 1997. Antigos governantes, bem como a administração do presidente Lee Myung-bak, têm apoiado vigorosamente o crescimento dos chaebols através de incentivos econômicos, isenção de impostos e promoção direta. Entretanto, essa política tem limitado o empreendedorismo em negócios relativamente jovens, como pesquisas de internet e jogos de computador.

Proteção do mercado sul coreano

A península coreana havia sido palco de uma guerra em grande escala entre as Coreias do Norte e do Sul de 1950 a 1953, guerra essa que deixou como legado uma zona desmilitarizada pesadamente guardada e nenhum tratado de paz. Até o início dos anos 1970, a Coreia do Sul dependia quase que exclusivamente dos Estados Unidos para ter um arsenal, mas a lei da indústria de defesa de 1973 e o plano de melhoria das forças armadas de 1974 promoveram uma virada nessa relação unilateral. Desde então, os gastos militares têm crescido rapidamente, chegando a US$156 bilhões entre 2007 e 2011, com parte da produção disponível para venda no mercado armamentista internacional. A administração do programa aquisitivo de material bélico (DAPA), formada no início do ano 2006, é a agência do governo no comando das vendas e aquisições de equipamentos militares da Coreia do Sul.

Keiretsu japonês

Os gigantes do mercado interno japonês incluem os chamados keiretsu, um tipo de grupo de negócios verticalmente integrado. Tais grupos incluem Mitsubish, a qual inclui grupos empresariais como Mitsubich Eletric para eletrônicos, Mitsubish Motors na indústria automobilística e Nippon Yusen na indústria naval, entre outras. Os negócios incluídos em um keiretsu podem ser provenientes de diversos mercados, contribuindo para a rigidez do modelo japonês. Os keiretsus diferem dos chaebols coreanos, uma vez que suas subsidiárias não são organizadas em uma única estrutura corporativa.

Taxas de juros no Japão

O setor bancário tem sido a força motriz por trás dos esforços da economia japonesa em alcançar o Ocidente. Conforme os economistas Randall Morck e Bernard Yeung mencionam em seu estudo em conjunto "O sucesso da economia japonesa e as curiosas características do mercado de ações japonês", os bancos lutam para manter as taxas de juros em percentuais muito baixos - ao redor de 0 porcento - para prevenir um aumento no custo de capital. Em teoria, isso garante um baixo custo para investimentos. Entretanto, depois da "década perdida" dos anos 1990, essa política tem sido descrita por observadores, inclusive o jornal britânico "The Guardian", como método de apoio a organizações em desequilíbrio que são "grandes demais para falhar", como a rede de supermercados Daiei.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível