Quais são algumas das reações químicas usadas na fabricação de papel?

Escrito por lexa w. lee Google | Traduzido por juliana néris nakanejo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são algumas das reações químicas usadas na fabricação de papel?
A fabricação de papel inclui várias reações químicas (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

A fabricação de papel inclui várias reações químicas que podem variar de alguma forma, dependendo da matéria bruta e da grade do papel que está sendo feito. As reações típicas do processamento de madeira para fazer papel de cópia, um produto amplamente usado, inclui a polpação, recuperação química, branqueamento, engomar e adição de químicos finais.

Outras pessoas estão lendo

Polpação

Entre os diferentes métodos de polpação disponíveis, o processo Kraft é considerado o melhor custo-efetivo. Ele consiste em "cozinhar" lascas de madeira em uma solução alcalina forte, como o hidróxido de sódio e o sulfito de sódio. Sob pressão, a lignina da madeira se combina com o sódio, produzindo sódio lignato, que se dissolve em água. Depois de poucas horas, as outras fibras da madeira se amolecem e separam, tornando-se uma polpa mole. Medir as gotas usadas nos níveis de NaOH ajuda a determinar quando o processo de polpação termina. A polpa continua no próximo estágio da produção do papel, quando os produtos químicos e os materiais orgânicos dissolvidos são recuperados.

Branqueamento

O branqueamento se refere ao uso de agentes químicos para purificar a polpa e deixá-la branca. Aquecer a mistura aumenta a taxa de reação. No branqueamento baseado em cloro, agentes como o dióxido de cloro e hipoclorito de sódio unem-se à lignina residual, são dissolvidos em água e removidos. No branqueamento baseado em oxigênio, agentes como o peróxido de sódio produzem uma lignina modificada que não se dissolve em água. Isso é considerado menos prejudicial ao meio ambiente.

Recuperação química

A recuperação dos produtos usados no processo de polpação reduz os custos com químicos e com energia para os fabricantes e reduz a poluição ambiental. Os químicos e os subprodutos orgânicos utilizados são chamados de "líquido negro", do qual mais de 1,3 bilhões de toneladas são gerados anualmente pelo mundo. Cerca de 200 milhões de toneladas são reutilizados e 50 milhões de toneladas dos químicos são recuperados; o restante é usado para gerar 700 milhões de toneladas de vapor como combustível. Após a evaporação e a concentração, o "líquido negro" é queimado em uma fusão de Na2S e NaCO3, dissolvido em água e reagido com CaO para produzir NaOH, o hidróxido de sódio. O Na2S e o CaCo3 precipitado são aquecidos para gerar novamente o CaO.

Engomar

Engomar se refere à adição de vários produtos químicos para reduzir a tendência do papel de absorver líquidos. Adicionar rosina, uma resina natural de pinheiros, com alumínio, produz alumínio-rosinato, que forma uma camada resistente a líquidos ao redor das fibras. Algumas vezes o ácido sulfúrico é usado na resina para prevenir a formação de sólidos na água. Outros aditivos e tinturas também devem ser colocados nesse momento, dependendo de quais características de acabamento são especificadas. Isso é conhecido como adição química final. Os estágios finais são o prensamento, a secagem e o corte.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível