Quais os alimentos que inibem o desejo de consumir álcool?

Escrito por susan revermann Google | Traduzido por ingrid marçal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais os alimentos que inibem o desejo de consumir álcool?
Você pode consumir alguns alimentos que reduzem a vontade de beber álcool (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Consumir álcool em excesso ou por longos períodos de tempo pode prejudicar as funções dos órgãos do corpo, além de esgotar vitaminas necessárias para a saúde. O álcool também contém quantidades elevadas de açúcar que podem afetar adversamente o seu corpo e realmente fazer você desejar mais álcool. Aprenda a consumir os alimentos corretos, líquidos e suplementos que ajudam a reduzir drasticamente o desejo de beber mais.

Outras pessoas estão lendo

Alimentos com baixo teor de açúcar

Reduzir a quantidade de açúcar em seus alimentos e bebidas contribui para evitar a ânsia por álcool. Ao ingerir alimentos e bebidas açucaradas, seu corpo apresenta um nível elevado de açúcar, desencadeando a produção de insulina pelo pâncreas, a fim de recolher esse açúcar do sangue. Dentro de algumas horas haverá queda do nível de açúcar no sangue, pois a insulina provoca quedas e elevações de açúcar no organismo.

Grãos integrais

Os cereais integrais apresentam baixo teor de açúcar e permitem a sensação de saciedade por um longo período. Isso diminui o desejo de consumir álcool e açúcar. Os cereais possuem também nutrientes e vitaminas.

Alimentos ricos em vitamina B

Os alimentos ricos em vitamina B devem ser consumidos caso você tenha ingerido álcool e deseje reduzir a ansiedade. Seu corpo pode apresentar deficiência de vitamina B quando consome álcool, reduzindo assim os níveis de energia, fazendo com que se sinta deprimido. Peixes, carnes magras, ovos, legumes, feijões, nozes, sementes, brócolis, batata doce, espinafre e pimentões são alimentos ricos em vitamina B.

Alimentos ricos em vitamina A

O consumo de álcool reduz os índices de vitamina A no organismo. Essa vitamina ajuda a diminuir a ansiedade e aumenta as funções do sistema imunológico. Para suprir essa quantidade perdida pelo organismo, coma alimentos ricos em vitamina A, como por exemplo batata-doce, cenoura, vegetais verdes folhosos escuros, abóbora, melão e damascos. Consulte seu médico caso sinta necessidade de ingerir suplementos extras, pois isso pode causar danos ao fígado quando ingeridos em grande quantidade.

Erva dente de leão

A dente de leão estimula o funcionamento do fígado e ajuda a diminuir os sintomas de abstinência de álcool. Essa erva daninha, com flores amarelas, nasce em qualquer gramado. Coma as folhas verdes dessa planta. Assegure-se de que não haja pesticidas ou inseticidas nas folhas. Se estiver grávida ou amamentando, não consuma essa planta. Em combinação com a planta denominada Cardo Mariano ou Cardo Leiteiro, a erva dente de leão funciona ainda melhor.

Erva de São João

A erva de São João, também conhecida como hipericão, tem sido utilizada como antidepressivo durante séculos. Ela é bastante útil para quem sofre com essa doença ou para quem tem ansiedade enquanto se recupera do vício do álcool. Também ajuda a melhorar as náuseas e ânsias de vomito que podem ocorrer durante a abstinência. Essa erva natural aumenta a produção de serotonina, dopamina e noradrenalina no organismo. O "Oxford Jounals", jornal americano, publicou um estudo no qual mostrava animais que receberam tratamento com essa erva e que tinham pouco interesse em álcool.

Kudzu

Kudzu é uma erva tradicional da medicina chinesa, que ajuda a reduzir a vontade de consumir álcool. As isoflavonas, proteínas e amidos contidos nessa erva ajudam a conter esses desejos, fazendo com que se sinta completo e aumente o fluxo de sangue para o cérebro e coração.

Cardo mariano ou Cardo leiteiro

A Cardo Mariano é uma erva utilizada há séculos, ajudando a limpar o fígado e a melhorar seu funcionamento. Ao ajudar a reparar e regular o fígado, contribui também para a redução da vontade de consumir álcool. Não há efeitos colaterais, e deve ser tomado de 420 a 600 mg da erva por dia para obter melhores resultados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível