Quais são os benefícios de um sistema MRP?

Escrito por harvey sells | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os benefícios de um sistema MRP?
A MRP pode acompanhar os produtos desde a fabricação até a distribuição (Big Wheeler image by geophis from Fotolia.com)

A planificação de recursos de manufatura, ou MRP (iniciais em inglês), é um método para controlar o processo que começa na produção e acaba na distribuição. A implementação e uso correto da MRP podem produzir e acompanhar produtos de forma eficiente, além de gerenciar a informação e recursos para satisfazer normas cada vez mais estritas. Emparelhar a MRP com o gerenciamento das normas, engenharia, produção e controle de qualidade pode assegurar a fabricação e entrega de produtos de alta qualidade aos clientes da organização.

Outras pessoas estão lendo

Controle de processos

O engenheiro de processos pode produzir um documento "mestre" que conterá todas as informações necessárias para descrever o processo produtivo. Isso inclui a sequência de operações, as tarefas que devem ser realizadas, a maquinaria requerida e os pontos do processo nos quais se inspecionará e rejeitará produtos. No final do processo, pode-se colocar uma ordem para cada lote de produção e anotar as matérias primas necessárias. Como alternativa, também pode ser incluído um registro de controle de qualidade, ou "QC".

Benefícios do projeto

A MRP permite organizar o processo como um projeto em vez de como uma operação contínua. O engenheiro de projetos pode produzir um documento "mestre" com informações como a divisão em unidades, a data do plano e o nome do projeto. Forma-se uma equipe de projeto cujo nome, papel e distribuição de tarefas entre os membros é definida com a MRP. As atividades dentro do projeto podem ser conectadas através do uso de planificação, controle de atividades e coordenação. A MRP pode ser usada para calcular as datas mais próxima e mais afastada possíveis para iniciar cada atividade.

Benefícios do controle de qualidade

A MRP utiliza códigos de rejeição para certificar uma qualidade consistente nos produtos, identificando aqueles que não se ajustam às normas e permitindo monitorar a linha de produção. Os lotes rejeitados são acompanhados pelos centros de trabalho e os materiais rejeitados, pelos fabricantes. Criam-se diretrizes para a inspeção dos produtos no final e em pontos pré-determinados do processo, utilizando-se certificações de controle de qualidade.

Implementação

Os benefícios da implementação de uma MRP em relação ao custo do sistema devem ser consideradas pelas empresas que pensem em utilizá-la. O custo pode estar entre R$ 200.000 (para uma empresa pequena) e R$ 3.500.000 (para as organizações maiores). No entanto, a implementação, o suporte à gerência e o nível de automatização são fatores considerados mais importantes do que o valor pago. O tamanho da empresa e a natureza do produto ou processo têm um efeito aparentemente reduzido.

Benefícios máximos

Embora alguns fatores relacionados com a implementação de uma MRP pareçam ter maior influência no resultado do que outros, todos eles são necessários. Portanto, é preciso uma abordagem equitativa. O nível de desempenho da empresa antes da implementação deve ser comparado com o obtido depois da mesma. As empresas que já tenham um nível alto não se beneficiarão tanto. Essa é uma consideração importante a respeito do uso possível do sistema.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível