×
Loading ...

Quais são as características físicas do Templo de Zeus?

Atualizado em 20 julho, 2017

Uma das sete maravilhas do mundo antigo, o Templo de Zeus em Olímpia, na Grécia, foi lar da incrível Estátua de Zeus, o último trabalho do grande escultor Fídias. Para melhor favorecer a exposição da escultura, o interior do templo era apenas largo o suficiente para encaixá-la, e o chão e o teto foram projetados para refletir e aumentar a beleza dela. Embora tenha sido planejado especificamente para a estátua, o templo tem seu próprio mérito por ostentar uma linda arquitetura.

Hoje destruído, o Templo de Zeus já hospedou uma incrível estátua (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Colunas

Imenso em tamanho para uma construção de pedra, o Templo media cerca de 20,7 m de altura, 29 m de largura e 71,6 m de comprimento. Sabe-se que pelo menos 13 colunas enfileiravam seu exterior em cada lado mais extenso. Esculpidos da mesma pedra calcária branca e brilhante do resto do Templo, os pilares apresentavam vinte entalhes aflautados que deslizavam do topo até a base de cada, reluzindo ao sol. As colunas eram afiladas, sendo mais estreitas no topo que na parte de baixo. Isso criava a ilusão de que o telhado era maior do que a base do templo.

Loading...

Telhado

O telhado era originalmente composto de telhas de placa de mármore de Paros. Um parapeito de mármore espesso sustentava o modelo triangular pontiagudo. A borda do teto era formada por 40 cabeças de leão alinhadas, embora seja impossível determinar o número real devido aos danos causados ao templo por terremotos, incêndios e outras calamidades que já haviam acontecido antes de os estudos modernos começarem. Com o passar do tempo, diferentes materiais foram usados para avolumar e substituir a construção original. Os romanos, por exemplo, substituíram as telhas de mármore vermelho por mármore pentélico por volta de 100 d.C., e as cabeças de leão passaram por constantes reparos e substituições por diversos materiais disponíveis, incluindo mármore branco, cobre e até mesmo madeira.

Estrutura em geral

Originalmente composto por blocos lisos de mármore, o templo era dividido em três cômodos separados com decorações diferentes em cada um. A sala de entrada, o pórtico, apresentava um piso de mosaico composto por seixos arredondados que formavam uma cena marítima do deus Tritão. O segundo cômodo, o naos, tinha sete pilares em cada lado, com um espelho d'água construído em cima do mármore para refletir a Estátua de Zeus. A última sala, o opistódomo, tinha poucas decorações, mas tinha bancos alinhados para proporcionar ao público um lugar para se reunir depois de visitar o restante da construção. O teto, pelo que se sabe, era de madeira.

Frontões

Os frontões (as extremidades triangulares do telhado arqueado) foram decorados com estátuas. O frontão do lado leste representava uma cena dos primeiros jogos Olímpicos: uma corrida de coche entre Enomau e Pélope, dois reis gregos cuja competição seria julgada por Zeus, que sentava-se ao centro da cena. O frontão do lado oeste representava as festividades míticas de casamento de Pirítoo, com ele próprio e Teseu, reis aliados da Grécia, lutando para salvar os convidados de centauros. O deus Apolo também está presente nessa cena, embora o seu papel nela é discutido entre historiadores.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...