×
Loading ...

Quais são as causas de altos níveis de potássio em cães?

Atualizado em 25 maio, 2017

O potássio é um elemento importante para um cão em todas as funções do corpo, em nível celular ou não. Se os níveis de potássio estiverem muito elevados por qualquer motivo (hipercalemia), os animais podem sofrer consequências tanto cardíacas quanto respiratórias.

Quais são as causas do alto nível de potássio em cães? (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Função

O potássio é um eletrólito e um mineral que está armazenado no corpo do cão para manter o balanço de água e ácido-base nas células. O sódio e o potássio se combinam para criar uma pressão osmótica que mantém as paredes celulares do corpo permeável e capazes de aceitar e transferir nutrientes e outras substâncias. Trabalhando com outros minerais, o potássio forma sais alcalinos, que são necessários em certos processos do corpo, incluindo a reabsorção de sódio nos rins. Potássio, cálcio e sódio devem estar adequadamente equilibrados no plasma do sangue do cão para uma função cardíaca normal.

Loading...

Doença

A hipercalemia pode ocorrer devido a diminuição da excreção renal causada pela insuficiência renal aguda ou crônica ou obstrução da bexiga. Os rins normalmente excretam o excesso de potássio para fora do corpo, e quando a função renal está comprometida, o excesso de potássio irá se acumular nas células do animal.

A doença de Addison também pode causar hipercalemia em cães. Esta doença consiste na atrofia da glândula suprarrenal, resultando na diminuição da produção de glutocorticoides e mineralcorticoides (dois hormônios naturais do organismo). Estes hormônios regulam a quantidade de potássio no sangue e, se estiverem em pouca quantidade ou inexistentes, os níveis de potássio irão aumentar naturalmente.

Os cães com diabetes mellitus também podem desenvolver níveis elevados de potássio. O aumento da glicose no sangue e na urina do animal provoca a hipertonia (aumento da tensão) nas paredes das células do corpo. Esta tensão não permite a pressão osmótica normal criada pelo vínculo do sódio e do potássio e faz com que níveis mais elevados de potássio sejam liberados na corrente sanguínea.

Os cães com diabetes mellitus também podem desenvolver níveis elevados de potássio (Jupiterimages/Stockbyte/Getty Images)

Outras causas

Além das doenças, algumas condições fisiológicas podem causar hipercalemia em cães.

Cães que se exercitam muito podem desenvolver níveis de potássio elevados no sangue quando o potássio que é armazenado no tecido muscular é liberado na corrente sanguínea, devido à lesão das células musculares. Queimaduras graves e lesões traumáticas também podem causar hipercalemia por causa da destruição das células. Devido à elevada concentração de potássio na urina, os animais com lesões traumáticas na bexiga podem se tornar hipercalemicos se a urina vazar na cavidade abdominal. Certos antibióticos veterinários, insulina e corticosteroides, além de outros tipos de drogas utilizadas para tratar doenças cardíacas podem aumentar os níveis de potássio em cães.

Proprietários devem consultar seus médicos veterinários sobre quais medicamentos são susceptíveis a causar este problema.

Cães que se exercitam muito podem desenvolver níveis de potássio elevados no sangue quando o potássio que é armazenado no tecido muscular é liberado na corrente sanguínea, devido à lesão das células musculares (Image Source/Photodisc/Getty Images)

Considerações

A hipercalemia em cães pode produzir arritmia cardíaca que pode, eventualmente, levar a uma parada cardíaca, se não for tratada. Outros sinais clínicos podem incluir fraqueza muscular e uma taxa de pulso diminuída. Se o nível de potássio no sangue continua a aumentar, há um potencial para a paralisia respiratória e morte.

A hipercalemia em cães pode produzir arritmia cardíaca que pode, eventualmente, levar a uma parada cardíaca, se não for tratada (John Howard/Digital Vision/Getty Images)

Tratamento

Os veterinários normalmente irão primeiro tentar tratar a doença ou traumatismo subjacente que está causando a hipercalemia. Se for necessária a fluidoterapia intravenosa, os veterinários podem recomendar o uso de fluidos com sódio para que ele se ligue com o potássio no sangue e equilibre os níveis de ambos os minerais. Uma vez que as células doentes do corpo atingirem um retorno à função normal, os níveis de potássio devem voltar ao normal.

Os veterinários normalmente irão primeiro tentar tratar a doença ou traumatismo subjacente que está causando a hipercalemia (Dean Golja/Digital Vision/Getty Images)
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...