Saúde

Quais são as causas de arroto excessivo?

Escrito por erica roth | Traduzido por kelly isay
Quais são as causas de arroto excessivo?

Arrotos são uma forma de liberação de gases do trato intestinal

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Arrotos são uma resposta física normal que todo mundo às vezes tem. Eles são um dos modos pelos quais as pessoas forçam o excesso de ar e gases do trato intestinal. Enquanto arrotos ocasionais não são vistos como nocivos, os excessivos podem ser um sinal de problemas estomacais que precisam de tratamento. Avaliar o estilo de sua dieta e saúde em geral pode ajudá-lo a determinar a causa de arrotos frequentes.

Outras pessoas estão lendo

Engolindo ar

Engolir grandes quantidades de ar pode causar arrotos mais frequentes. Pessoas que comem muito rápido, consomem bebidas carbonatadas (como refrigerantes e cerveja) — especialmente com um canudo — e mascam chiclete são propensas a arrotar mais que o normal. Fumantes também são um grupo de risco para esse problema, de acordo com a Mayo Clinic. Todos esses hábitos podem levar à ingestão excessiva de ar, o que pode causar dores relacionadas a gases, além dos arrotos.

Indigestão

Indigestão e azia podem causar arrotos excessivos. A azia pode ser originada por refluxo de ácido, pode ser um sintoma de úlcera péptica, ou ser um sinal de que a refeição apimentada da noite passada não caiu bem em seu estômago. Quando o ácido vai do estômago para o esôfago, como no refluxo ou na azia, as pessoas geralmente engolem como um modo de aliviar o desconforto e, então, precisam arrotar, de acordo com a Mayo Clinic. A deglutição constante leva a uma maior entrada de ar no corpo, que pode causar ainda mais arrotos.

Gastroparesia

Um problema médico chamado gastroparesia pode levar a arrotos excessivos e é conhecido, às vezes, como esvaziamento gástrico tardio. Isso acontece quando a comida permanece no estômago por mais tempo do que deveria, devido a danos nos músculos estomacais. Esses músculos, quando fracos, não são capazes de empurrar a comida para o próximo estágio da digestão. A comida não digerida que fica no estômago pode causar náuseas, vômitos e também arrotos excessivos.

Tratamento para arrotos excessivos

Pessoas que sofrem de arrotos excessivos podem inibir o desconforto tratando os problemas subjacentes. Comer mais devagar e consumir bebidas sem gás pode ajudar a limitar a quantidade de ar e gás que é ingerida. Tratar a azia com antiácidos isentos de receita, que reduzem o refluxo de ácido, também pode diminuir os episódios de arrotos. Se essas medicações não reduzirem a azia e arrotos, um exame físico com um médico pode ser necessário. O diagnóstico de úlceras, gastroparesia e outras desordens estomacais pode levar ao tratamento apropriado e diminuir os episódios de arroto.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media