Quais são as causas da delinquência juvenil?

Escrito por mike broemmel | Traduzido por ricardo guardati
Quais são as causas da delinquência juvenil?

Vários fatores contribuem para a delinquência juvenil

Digital Vision/Photodisc/Getty Images

Compreender as causas da delinquência juvenil é uma parte essencial da prevenção do envolvimento de jovens em conduta inadequada, ilegal e lesiva. Quatro principais fatores de risco podem identificar jovens inclinados à atividades delinquentes: individuais, familiares, de saúde mental e abuso de substâncias. Muitas vezes, um jovem está exposto a mais de um desses fatores ao mesmo tempo.

Outras pessoas estão lendo

Fatores de riscos individuais

Vários fatores de risco são identificados com a delinquência juvenil. Um menor, que tem uma inteligência reduzida e que não recebe educação adequada é mais propenso a se envolver em conduta delinquente. Outros fatores de risco são: comportamento impulsivo, agressividade descontrolada e incapacidade de adiar gratificação. Em muitos casos, vários fatores de risco individuais podem ser identificados no envolvimento juvenil em atividades nocivas, destrutivas e ilegais.

Fatores de riscos familiares

Um padrão consistente de fatores de risco familiares estão associados com o desenvolvimento de comportamentos delinquentes entre jovens. São eles a falta de supervisão adequada dos pais, conflitos, negligência e abuso (emocional, psicológico ou físico). Os pais que demonstram falta de respeito pelas leis e normas sociais são susceptíveis a ter crianças que pensam da mesma forma. Finalmente, crianças que apresentam um fraco apego a seus pais e familiares são precisamente as que se envolvem em atividades inadequadas, incluindo conduta delinquente.

Fatores de riscos de saúde mental

Vários fatores de saúde mental também contribuem para a delinquência juvenil. É importante ter em mente, no entanto, que o diagnóstico de certos tipos de condições de saúde mental - principalmente transtornos de personalidade - não podem ser feitos em relação à crianças. No entanto, existem precursores dessas condições que podem ser vistos na infância e que tendem a acabar sendo exibidos através de um comportamento delinquente. O mais comum é o transtorno de conduta, definido como "falta de empatia e desrespeito por normas sociais." (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, quarta edição, Associação Americana de Psiquiatria, 2004.)

Fatores de riscos de abuso de substâncias

O abuso de substâncias é encontrado na maioria dos casos de delinquência juvenil, duas tendências são identificadas em relação ao abuso de drogas por menores. Primeiro, os jovens estão usando drogas mais poderosas hoje do que há 10 anos. Em segundo lugar, a idade em que alguns jovens começam a usar drogas é menor. Crianças no ensino fundamental são encontradas usando drogas ilegais. O uso de substâncias ilegais ou o uso de substâncias legais ilegalmente motiva os jovens a cometer crimes para obter dinheiro para as drogas. Além disso, eles são muito mais propensos a se envolver em atividades destrutivas, ilegais e lesivas ao usar drogas e álcool.

Identificação

Através do processo de identificação de possíveis fatores de risco que estimulam um jovem a conduta inadequada e até mesmo a comportamento ilegal, pode ocorrer uma intervenção precoce. A intervenção positiva, através da educação e aconselhamento, pode desviar um jovem de um caminho que, caso contrário, resultaria em delinquência enquanto criança e crime na fase adulta.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media