Quais as causas da duodenite?

Escrito por dana severson | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A duodenite é uma condição digestiva em que a área do intestino delgado que se conecta ao estômago, também conhecida como duodeno, torna-se irritada e inflamada. Quando isso acontece, toda a função dessa parte do tubo digestivo, como a quebra dos alimentos, o esvaziamento do estômago e o estímulo enviado aos outros órgãos para o processo de digestão, será inevitavelmente afetada causando sintomas bastante desconfortáveis. Se uma pessoa começa a sofrer de duodenite, geralmente a causa é provocada por algumas coisas muito específicas.

Outras pessoas estão lendo

Medicamentos

Uma das causas mais comuns da duodenite, especialmente nos países mais desenvolvidos, é o uso de medicamentos que não requerem prescrição, como o ibuprofeno, a aspirina, o paracetamol ou o naproxeno. A razão para isto é que algumas pessoas, ou pelo menos seu trato digestivo, são mais sensíveis aos medicamentos anti-inflamatórios. Nessas pessoas, o uso desse tipo de medicamento deixa o duodeno irritado, causando a inflamação associada a essa condição. Parece um pouco irônico que um anti-inflamatório possa causar inflamação, mas, em algumas pessoas, isso pode ocorrer.

Secreções do estômago

Há também o potencial de que uma secreção ácida do estômago possa irritar o duodeno, causando o desenvolvimento da duodenite. Quando o ácido estomacal é liberado ou atinge o duodeno, ele pode causar uma reação inflamatória. Ao longo do tempo, essa inflamação provocará determinados sintomas, como náuseas e vômito ou até mesmo ulceração.

Infecção por H.Pylori

Outra causa comum da duodenite é a infecção causada pela bactéria Helicobacter pylori. Embora ela seja mais evidente nos países subdesenvolvidos, também pode ocorrer em nações desenvolvidas. De acordo com a Mayo Clinic, quando essa determinada bactéria entra no organismo de uma pessoa, ela pode fazer o seu caminho através do sistema digestivo até se alojar no estômago ou no duodeno. Depois de instalada, ela produz uma enzima que a protege e permite que sobreviva. Muitos não sabem que são portadores dessa bactérias, já que não apresentam nenhum sintoma, mas, em outras pessoas, ela causará uma irritação e inflamação no duodeno, causando a duodenite.

Sintomas

Quando alguém é acometido pela duodenite, ele realmente pode não exibir ou manifestar qualquer sintoma. A única maneira de diagnosticar essa condição é por puro acaso, como depois da realização de uma endoscopia solicitada para o diagnóstico de uma outra doença. No entanto, algumas pessoas exibirão determinados sintomas que incluem náuseas e vômitos, dor abdominal, perda de apetite e sangue nas fezes.

Tratamento

Para tratar a duodenite, o médico deve primeiro determinar o que a está causando. Se for resultante do uso de medicamentos, o indivíduo deverá suspender a ingestão dos fármacos que não sejam essenciais, para ver se a condição melhora. Se a causa for interna, uma medicação será administrada, como a ranitidina ou o omeprazol, para diminuir a secreção de ácidos estomacais. Se a origem for bacteriana, um antibiótico pode ser usado para eliminar as pragas do duodeno.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível