on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Quais são as causas da impotência em homens jovens?

A impotência sexual não atinge apenas homens com idade avançada. Segundo o urologista Clélio Zanoni Filho, em um artigo publicado no UOL, uma pesquisa recente indica que 8% dos homens possuem disfunção erétil antes dos 30 anos. As causas são diversas, mas na maioria dos casos estão envolvidos problemas de ordem psicológica, que podem ocorrer com qualquer um. Confira as principais causas da impotência sexual em homens jovens.

Pesquisa indica que 8% dos homens abaixo dos 30 anos têm disfunção erétil (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Ansiedade

“A ansiendade encabeça a lista das causas emocionais que bloqueiam o mecanismo da ereção”, disse o urologista José Mário Reis, em entrevista ao site do médico Dráuzio Varella. De acordo com o especialista, o sentimento de ansiedade pode ser causado pelo medo de falhar, por considerar a parceira “muita areia para o seu caminhãozinho”, receio de não conseguir gerar prazer à companheira, por temer uma possível gravidez ou contrair alguma doença sexualmente transmissível. Portanto, o importante é tentar relaxar e não pensar demais durante a relação. Em casos mais graves, os médicos recomendam remédios para o controle da ansiedade.

Loading...

Falta de controle ejaculatório

O homem que não tem controle da sua ejaculação acaba ficando com medo de ejacular rápido demais e, assim, surte o efeito contrário: o nervosismo faz com que não consiga manter o órgão sexual ereto. Em caso de homens inexperientes, esse controle pode ser obtido ao longo do tempo, devido ao maior conhecimento do próprio corpo e a mais afinidade com a parceira. Caso o problema se torne crônico, é necessário buscar a ajuda de um especialista, que pode auxiliar a manter o controle da ejaculação.

Estresse

Estresse é outra causa que pode gerar impotência em homens jovens. A preocupação com o trabalho ou com a falta de dinheiro, por exemplo, pode gerar falta de desejo sexual e, consequentemente, a dificuldade de ereção. “Como pedir a um homem ou a uma mulher cujo dinheiro não chega para pagar as contas do mês que estejam dispostos a criar um clima e colocar um disco romântico na vitrola? O ideal seria transformar o ambiente e a rotina familiares, mas isso não é tarefa fácil”, disse o urologista José Mário Reis, ao site de Dráuzio Varella.

Abuso de medicações pró-eretivas

Muitos jovens vêm usando medicações pró-eretivas, ou seja, que estimulam a ereção, devido ao medo de falhar na hora H ou por querer impressionar a parceira tendo uma super ereção. A psicóloga Arlete Gavranic, em um artigo no site Vya Estelar, chama de impotência psíquica quando rapazes tornam-se dependentes dessas drogas para conseguirem atingir a ereção. De acordo com o urologista Clélio Zanoni Filho, em um artigo publicado no UOL, o uso contínuo desses remédios pode agravar ainda mais a disfunção erétil. Segundo o médico, a droga pode provocar a ereção momentaneamente, mas não a manter durante a relação sexual.

Qualidade de vida

O consumo excessivo de álcool, drogas, cigarro e a obesidade pode prejudicar a qualidade das ereções. Se o jovem se enquadrar em um desses itens e tiver dificuldades de ereção, o ideal é repensar sobre o estilo de vida e os hábitos, reduzir os excessos e realizar atividades físicas periodicamente.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...