Quais são as causas da ocorrência de eclipses lunar e solar?

Escrito por julia drake | Traduzido por juliana néris nakanejo
Quais são as causas da ocorrência de eclipses lunar e solar?
A fotosfera solar, ou centro luminoso, é bloqueada durante um eclipse solar (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Por milhares de anos, os eclipses solar e lunar têm fascinado os humanos. Diferentes culturas ao redor do mundo procuram entender os eventos celestiais através da criação de histórias e rituais. Atualmente, os cientistas têm uma grande compreensão dos fatores astronômicos que causam os eclipses. Eles ocorrem por causa da mudança de posições da Terra, sol e lua em relação uns aos outros.

Crenças antigas

As culturas antigas sustentaram diferentes crenças sobre as causas do eclipse solar e lunar. Para muitos, eles eram ocorrências celestiais assustadoras que traziam maus presságios. Na China antiga, acreditava-se que um dragão devorava o sol durante o eclipse solar. Crenças similares de monstros engolindo o sol existem entre povos da África, Ásia, Europa e na América nativa. Na tentativa de afugentar o monstro, os povos antigos reuniam-se gritando ou batendo em instrumentos para criar ruídos altos. Entre os antigos povos gregos, chineses, maias e árabes, lendas ligavam o eclipse lunar a terremotos, pragas e outras catástrofes.

Eclipse solar

O eclipse solar ocorre quando a lua, o sol e a Terra estão alinhados durante a fase nova da lua. Ela passa entre a Terra e o sol, que causa a cobertura completa ou parcial do sol. Na eclipse solar total, a lua cobre completamente superfície resplandecente do sol, deixando a corona, ou a área exterior branca, visível a olho nu. Os eclipses solares anulares ocorrem quando a lua parece menor que o sol e falha ao cobrir todo o disco solar. Esse eclipse causa um "anel brilhante" do sol que permanece visível ao redor da lua. As distâncias variadas da lua em relação à Terra causam tipos diferentes de eclipses solares. Quando a lua está próxima do nosso planeta, há uma chance maior de cobrir completamente o sol do que quando está mais longe.

Eclipses lunares

Um eclipse lunar ocorre quando a Terra passa entre o sol e a lua durante a sua fase cheia. A lua entra na sombra da Terra, que consiste de duas partes: a umbra e a penumbra. Alguns raios solares chegam ao redor da Terra, e nossa atmosfera desvia ou reflete a luz, e isso dá à superfície da lua uma cor avermelhada ou acobreada. Os eclipses lunares totais ocorrem quando a lua entra completamente na umbra terrestre, enquanto nos parciais, ela entra apenas em parte da umbra. Um eclipse lunar penumbral ocorre quando a lua entra apenas na penumbra da Terra.

Frequência

A lua possui uma órbita inclinada, ou em um ângulo em relação à Terra, então ela raramente está alinhada com o sol e o nosso planeta. Frequentemente ela aparece acima ou abaixo do sol no céu durante a fase de lua nova ou desvia da sombra da Terra na fase de lua cheia. Entretanto, em ocasiões raras, ela se alinha com a Terra e o sol durante a fase nova ou cheia, para criar o eclipse solar ou lunar. De acordo com o "The Cambridge Eclipse Photography Guide: How and Where to Observe and Photograph Solar and Lunar Eclipses", de autoria de Jay M. Pasachoff e Michael A. Covington, se combinar diferentes tipos de eclipses lunar e solar, cerca de sete eclipses serão visíveis em localidades diferentes ao redor do mundo em um dado ano. Entretanto, os eclipses solares geralmente ocorrem a cada 18 meses.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível