Quais são as causas de vertigem após o parto?

Escrito por madison rayne | Traduzido por paula belchior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as causas de vertigem após o parto?
A vertigem pós-parto pode ser causada por vários fatores, incluindo enxaquecas (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Existe uma grande variedade de sintomas que podem atingir uma mulher durante e após a gravidez, incluindo vertigens. A vertigem é um tipo de tontura que faz você se sentir como se estivesse girando, caindo ou em movimento, mesmo que você não esteja. Essa sensação é muito desconfortável e muitas vezes pode levar a outros sintomas como náuseas, dores de cabeça e problemas para manter-se de pé. Vivenciar essa condição depois de ter um bebê é referido como "vertigem pós-parto." Existem muitas causas de vertigem pós-parto, porém a maioria delas são facilmente diagnosticadas e tratadas.

Outras pessoas estão lendo

Vertigem posicional

A vertigem posicional, também conhecida como vertigem posicional paroxística benigna, é o tipo mais comum de vertigem pós-bebê. Essa condição é causada por detritos que se acumulam no ouvido interno e formam "pedras de ouvido". Essas pequenas "pedras de ouvido" são feitas de cristais de carbonato de cálcio e podem causar sintomas de vertigem quando você vira a cabeça de uma certa maneira. Essa condição pode ocorrer em pacientes não grávidas também, no entanto as mulheres grávidas são mais suscetíveis a alterações no ouvido interno durante a gravidez e logo após o parto.

Enxaqueca pós-parto

As flutuações hormonais são uma parte comum da gravidez e do período pós-parto. Essas mudanças no pós-parto podem causar o seu próprio conjunto de sintomas, incluindo enxaquecas. As enxaquecas são geralmente acompanhadas de tonturas e são uma causa comum de vertigem pós-parto. As enxaquecas causadas por alterações hormonais pós-gravidez podem estar presente com ou sem a dor de cabeça. A maioria delas incluem tonturas, sensações de rotação e náuseas - todos sintomas de vertigem.

Fístula perilinfa

A fístula perilinfa é comumente causada por esforço, o que é comum durante o trabalho de parto. Durante a gravidez, o corpo da mulher ajusta automaticamente a quantidade de colágeno necessária para suportar a gravidez. Quando esse processo é combinado com as alterações do ouvido interno e do esforço necessário para o parto, a fístula perilinfa pode ser criada. Essas mulheres geralmente experimentam pressão no ouvido interno e na cabeça, a qual leva a sintomas de vertigem.

Vertigo psicogênica

O parto é um processo exigente que afeta uma mulher tanto física como emocionalmente. É normal que as mulheres sofram de depressão pós-parto ou ansiedade após o parto. Essas alterações psicológicas podem ser um fator importante na vertigem pós-parto. A depressão pós-parto pode causar uma variedade de sintomas físicos, incluindo tonturas, náusea e falta de equilíbrio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível