Quais são os cinco modelos de teoria organizacional contemporânea?

Escrito por marie-pier rochon | Traduzido por rosangela gandini
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os cinco modelos de teoria organizacional contemporânea?
As teorias organizacionais estudam o comportamento humano dentro das organizações (Aidon/Digital Vision/Getty Images)

As teorias organizacionais estudam como as pessoas agem dentro das organizações, os princípios que guiam uma gestão de empresas bem sucedida e como as companhias interagem com as outras. As teorias abrangem muitos pontos de vista, focando em várias áreas como comunicação, economia, interações comerciais e sociais, psicologia individual e industrial, gestão e liderança. Os modelos contemporâneos de teoria organizacional focam em uma ou mais dessas disciplinas.

Outras pessoas estão lendo

Ecologia das populações

O modelo de teoria organizacional da ecologia das populações foca nos impactos de mudanças dinâmicas de fenômenos relacionadas com o nascimento e a morte das empresas e as formas organizacionais. Esse estudo é feito por um longo período de tempo. A maioria das organizações tem estruturas estáticas que impedem a adaptação a mudanças. As companhias com modelos inflexíveis de organização são, então, mais suscetíveis a desmoronar e cessar a existência, ao passo que mais negócios novos e flexíveis, melhores adaptados à mudança, começarão a decolar. Na ecologia das populações, o sucesso depende, então, de uma habilidade intrínseca de adaptar-se em um ambiente de mudanças.

Quais são os cinco modelos de teoria organizacional contemporânea?
De acordo com o modelo organizacional da ecologia das populações, as empresas devem estar preparadas para mudanças (Comstock/Comstock/Getty Images)

Dependência de recursos

O modelo da dependência de recursos examina a influência do poder na relação do intercâmbio de recursos. Nessa teoria, o sucesso organizacional acontece quando a empresa maximiza o poder e influencia em obter os recursos necessários para a sobrevivência dos negócios. Nesse modelo de teoria, as empresas que estão com escassez de recursos procurarão tornarem-se aliadas de outras companhias que têm mais recursos. A relação de dependência significa que as organizações tornam-se confiantes na capacidade umas das outras de ter acesso aos recursos necessários, e o poder é dado à empresa que possuir a maior quantidade de recursos. A teoria do modelo organizacional de dependência de recurso originalmente discutiu a relação entre organizações, mas também se aplica às relações entre grupos de uma mesma companhia.

Quais são os cinco modelos de teoria organizacional contemporânea?
No modelo da dependência deve haver intercâmbio de recursos (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Contingência

A teoria da contingência organizacional é, na verdade, uma junção de teorias comportamentais que argumentam que não há um meio melhor de organizar ou liderar uma empresa, mas que outras restrições internas e externas ajudam a determinar qual tipo de organização e liderança se adequam melhor ao empreendimento. Os quatro elementos centrais da teoria da contingência são que não há um modo universal de gestão; o propósito de uma organização deve encaixar-se com o ambiente, a organização eficaz também depende da adaptação com os subsistemas e as necessidades organizacionais são melhor satisfeitas quando todos os três elementos prévios se encontram para atingir os principais objetivos dos grupos de trabalho.

Quais são os cinco modelos de teoria organizacional contemporânea?
Segundo a teoria da contingência organizacional não há um meio melhor de organizar (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Custo de transação

O sistema organizacional de custos de transação leva em conta as dimensões psicossociais que não são consideradas nas produções de bens ou serviços. Os custos de transação são difíceis de mensurar e dependem de atividades humanas, mas compreender o impacto da psicologia humana na relação com as operações das organizações é crucial para se obter um quadro completo da economia de uma companhia.

Quais são os cinco modelos de teoria organizacional contemporânea?
As dimensões psicossociais são levadas em conta no sistema organizacional de custos de transação (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Modelo institucional

Finalmente, o modelo da teoria organizacional institucional estuda as estruturas das instituições e processos em relação às funções de governança global. De acordo com o modelo, as empresas com base institucional devem inovar as estruturas, possuir um alicerce encorajador de participação pública e privada, ter fortes capacidades de coordenação transnacionais e estabelecer mecanismos de solução de conflitos. Exemplos de organizações que seguem o modelo institucional incluem a Organização Mundial de Comércio, a Organização Internacional do Trabalho, a Organização Mundial de Saúde e o Programa Ambiental das Nações Unidas.

Quais são os cinco modelos de teoria organizacional contemporânea?
De acordo com o modelo organizacional institucional, deve-se haver participação pública e privada (Noel Hendrickson/Photodisc/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível