Quais são as condições médicas que podem lhe impedir de se alistar?

Escrito por peter holslin | Traduzido por juliana fabrício de godoy
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as condições médicas que podem lhe impedir de se alistar?
Para saber mais sobre as doenças desqualificantes, o candidato deve consultar as Normas Técnicas Sobre Perícias Médicas no Exército (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Existem várias condições médicas que podem desqualificar um recruta ao se alistar no exército. Nem todas as condições listadas são permanentemente desqualificantes. Os candidatos podem requerer uma dispensa oficial que permitiria a eles se alistar com suas condições. Se o candidato não tiver certeza se a condição dele é desqualificante, ele deve consultar as Normas Técnicas Sobre Perícias Médicas no Exército -- que se aplica à maioria dos outros tipos de serviços militares -- para obter uma lista detalhada das condições desqualificantes oficiais.

Outras pessoas estão lendo

Corpo

Um alistamento pode ser rejeitado se o paciente tiver uma história autêntica de condições crônicas ou graves relacionadas ao coração, pulmões, esôfago, estômago, duodeno, intestinos grosso e delgado, baço, parede abdominal ou outros órgãos do aparelho gastrointestinal. As condições desqualificantes incluem, mas não estão limitadas a, elevação anormal do diafragma, abscesso pulmonar atual, esofagite crônica ou recorrente, gastrite hipertrófica crônica, doença intestinal inflamatória, sangramento gastrointestinal, realização de cirurgia abdominal nos últimos 60 dias (exceto pela colecistectomia pós-laparoscópica, para a qual 30 dias são suficientes) e redução do estômago ou cirurgia de desvio gastrointestinal no caso de pessoas obesas. Condições que prejudiquem o sistema urinário, como cistite, uretrite e enurese são desqualificantes, assim como as condições relacionadas aos genitais ou a remoção deles. Os candidatos também podem ser desqualificados se tiverem problemas de desenvolvimento muscular que interfiram com as suas habilidades para concluir o treinamento.

Cabeça

Os candidatos podem ser desqualificados se tiverem histórico de doenças crônicas ou graves que tenham um impacto negativo em suas habilidades de ver, ouvir ou mastigar, de acordo com as Normas Técnicas de Perícias Médicas no Exército. Deformidades do crânio, rosto ou boca que os impeça de usar o capacete militar ou máscaras de proteção também são desqualificantes, assim como rinite alérgica, outras doenças do nariz, lábio leporino e leucoplasia. Doenças neurológicas como hemorragia intracraniana e condições graves ou crônicas relacionadas ao pescoço também são desqualificantes.

Sangue

Condições autênticas de anemia não corrigida, doenças hemorrágicas, leucopenia, imunodeficiência e doenças relacionadas ao sangue, ou a tecidos formadores de sangue, podem desqualificar o candidato. Doenças endócrinas e metabólicas, como o diabetes mellitus, são desqualificantes, assim como anormalidades das artérias e veias sanguíneas, doença vascular hipertensiva, embolização sistêmica ou pulmonar, doença vascular periférica e doenças de origem venenosa.

Pele e extremidades

Os candidatos podem ser desqualificados se os movimentos das suas juntas nas partes superior e inferior do corpo forem extremamente limitados, incluindo, mas não se limitando a, coluna, braços, mãos, dedos, quadris, pés e tornozelos. Além disso, doenças crônicas ou graves relacionadas a essas áreas também são desqualificantes, assim como doenças crônicas ou graves relacionadas à pele e tecidos celulares, incluindo, mas não se limitando a, eczema, cistos pilonidais ou queloides.

Saúde mental

Doenças de aprendizado, psiquiátricas e comportamentais são desqualificantes, assim como o Distúrbio de Déficit de Atenção (DDA) e o Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Nesses dois últimos casos, podem haver exceções se o candidato puder demonstrar desempenho acadêmico apropriado e não tiver tomado medicações nos últimos 12 meses.

Tumores

A presença ou histórico de tumores malignos é desqualificante. Tumores benignos atuais que impeçam o uso correto de uniformes militares ou equipamentos de proteção são desqualificantes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível