Quais cursos devo frequentar para ser um cientista forense?

Escrito por shane hall | Traduzido por aline ferreira
Quais cursos devo frequentar para ser um cientista forense?
O trabalho em laboratório criminal e outras carreiras forenses requerem uma carreira acadêmica massiva em ciências (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Embora os cientistas forenses trabalhem em conjunto com os executores das leis e advogados aplicando princípios científicos para ajudar na resolução de casos legais, eles são, primeiramente, cientistas. Isto significa que qualquer um que queira seguir a carreira forense deve seguir uma carreira acadêmica que inclua uma base sólida em ciência, como um bacharelado em química, biologia ou ciência forense. A chave, no entanto, é a combinação correta dos cursos. A American Academy of Forensic Sciences aconselha que o conteúdo de um programa de graduação é mais importante do que seu título.

Cursos de ciência

Os aspirantes a cientistas forenses devem escolher uma disciplina científica como o principal campo de estudo na faculdade. O assunto mais apropriado depende do interesse de carreira do indivíduo. Um estudante que esteja interessado em engenharia forense, por exemplo, deve priorizar o campo da engenharia, como a engenharia mecânica, química ou civil. Muitos alunos querem se tornar técnicos em ciência forense, analisando evidências físicas em laboratórios criminais. A American Academy of Forensic Sciences aconselha escolher os campos da química ou biologia e relata que um bom programas de graduação deve incluir pelo menos 24 horas semestres -- o equivalente a oito cursos-- em química ou biologia. O criminologista da Florida State University, Dale Nute aconselha frequentar cursos de genética, bioquímica e microbiologia.

Aulas de matemática

A matemática é uma necessidade para os cientistas, de acordo com a AAFS. Os cientistas forenses usam habilidades matemáticas para uma gama de tarefas, da análise das evidências da cena do crime e estudar a balística das armas a reconstrução de colisões de tráfego. Os estudantes que se preparam para a carreira forense devem frequentar cursos de álgebra, trigonometria, estatística e cálculo.

Aulas de composição

Cientistas forenses eficazes devem ser capazes de comunicar os detalhes técnicos de suas análises de maneira que os não cientistas, incluindo os investigadores de polícia e advogados, possam entendê-los e colocá-los em uso. Isto significa que os cientistas forenses precisam de habilidades de comunicação excelentes para preparar relatórios escritos de suas descobertas. A AAFS aconselha frequentar aulas de composição em inglês.

Justiça criminal

Embora cursos universitários em justiça criminal, aplicação da lei, processos judiciais e assuntos relacionados fornecerão aos futuros cientistas forenses um melhor entendimento do sistema criminal e do processo criminal nos quais eles aplicam seu trabalho.

Advertência

A popularidade da ciência forense como uma profissão tem impulsionado o crescimento de programas de graduação em ciência forense, mas Nute, da Florida State University é cauteloso com muitas delas. Ele aponta que quatro anos dificilmente fornecem tempo suficiente para adquirir as bases científicas de que um cientista forense precisa. Além disso, um estudante com uma graduação em química tem outras opções de carreira se o mercado para a ciência forense estiver saturado. Um estudante com uma graduação em ciência forense tem menos flexibilidade.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível