Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?

Escrito por anna rangel
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
Os aminoácidos compõem as proteínas e são importantes para uma boa saúde (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Aminoácidos são subunidades de uma molécula maior, a proteína. Depois de consumida pelo organismo, a proteína é quebrada em pequenas partes, os aminoácidos. Eles são responsáveis por funções vitais para os músculos e para um sistema imunológico saudável. Por isso a importância de se garantir a ingestão de alimentos ricos em proteínas. Existem aminoácidos essenciais e não essenciais. Conheça melhor as diferenças entre as proteínas e os aminoácidos para fazer as melhores combinações em sua dieta.

Outras pessoas estão lendo

Aminoácidos essenciais e não-essenciais

Dos cerca de vinte tipos de aminoácidos existentes, o ser humano consegue sintetizar em seu próprio corpo apenas a metade. Por conta disso, os outros tipos precisam ser garantidos por meio da ingestão de alimentos altamente proteicos, como carnes, ovos, leite e leguminosas. Manter um equilíbrio entre aminoácidos essenciais e não-essenciais é importante para que o corpo consiga desempenhar funções como a construção dos músculos, aceleração do metabolismo e fortalecimento da imunidade. Isso porque essas substâncias ajudam a armazenar e transportar carboidratos, água, vitaminas e minerais.

Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
Os aminoácidos compõem as proteínas e são importantes para a saúde (Comstock/Stockbyte/Getty Images)

Aminoácidos essenciais não são sintetizados pelo corpo

Os aminoácidos essenciais são chamados desta forma porque não são sintetizados pelo corpo, só podem ser adquiridos por meio de uma dieta rica em proteínas. Entre os principais aminoácidos não produzidos pelo corpo estão a lisina, o triptofano e a fenilalanina, encontrada, por sinal, na Coca-Cola. Os aminoácidos essenciais, embora vitais para pessoas de todas as idades, são especialmente importantes para as crianças, ainda em fase de crescimento. Embora as fontes mais conhecidas sejam produtos de origem animal, os vegetarianos podem garantir a suplementação necessária com grãos como soja e amaranto, ricos em aminoácidos.

Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
Os aminoácidos essenciais são produzidos pelo organismo (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

O que são aminoácidos não-essenciais?

Os aminoácidos não-essenciais são sintetizados pelo próprio organismo e por isso não é necessária sua ingestão por meio dos alimentos. Isso não faz deles menos importantes que os essenciais. Alguns podem se tornar essenciais, de acordo com a necessidade do corpo, seja causada pela idade ou pelo desenvolvimento de alguma patologia. A glutamina, que pode ser encontrada em versões em pó à venda é um dos favoritos de quem pratica muitos exercícios físicos e é considerado um aminoácido não-essencial.

Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
O feijão é um alimento rico em aminoácidos não-essenciais (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O equilíbrio de uma dieta saudável e rica em aminoácidos

Para entender melhor a absorção dos aminoácidos pelo corpo, é preciso compreender o conceito de “aminoácido limitante”. Funciona assim: se um alimento possui todos os aminoácidos, mas apenas quantidades pequenas de um deles, o corpo absorve essa carga apenas na proporção que esse menor índice for usado para sintetizar as proteínas. O que sobrar é transformado em açúcar ou gordura. Por isso, busque algum tipo de equilíbrio neste sentido. O arroz, por exemplo, conta com aminoácidos que o feijão não tem. Por isso, a clássica combinação brasileira se torna uma alternativa saudável, pois um alimento complementa o outro.

Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
Os alimentos podem ser combinados para oferecer o maior número de aminoácidos (Noel Hendrickson/Digital Vision/Getty Images)

Otimizando sua alimentação

Dos dez tipos de aminoácidos exigidos em sua dieta normal, dois são particularmente difíceis de ingerir em quantidades adequadas: lisina e triptofano. Por isso, misture alimentos que ofereçam índices mais satisfatórios dos aminoácidos. Um exemplo é a combinação de arroz, com pouca lisina, e legumes, com concentração baixa de triptófano. Mas por que motivo são importantes? O triptófano é necessário para a produção da serotonina, substância que regula o humor, enquanto a lisina entra na produção de hormônios, anticorpos e enzimas. Ao contrário do que se pensa, os aminoácidos podem ser encontrados em produtos de origem animal e vegetal.

Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
O pão, feito de trigo, também contém uma grande carga de aminoácidos (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Aminoácidos e proteínas: os tijolos do corpo

Os aminoácidos são pequenas partes que, juntas, compõem uma proteína. Por isso sua variedade é tão necessária ao funcionamento do corpo, já que apenas ingerindo o maior número possível da substância podemos construir de forma saudável os músculos, enzimas e anticorpos necessários para o organismo se manter funcionando. Quem já possui uma rotina de exercícios físicos pode aprender e muito sobre seu próprio desempenho com base nestes conhecimentos e complementar a ingestão de proteínas de forma mais bem-direcionada, alcançando o melhor resultado possível na regeneração dos músculos depois do treino.

Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
Esportistas podem garantir melhores resultados combinando os alimentos de forma correta (David De Lossy/Photodisc/Getty Images)

Quais são os melhores alimentos?

O corpo necessita da reposição dos aminoácidos essenciais, vindos dos alimentos proteicos. Isso, porém, não significa que esta reposição só possa vir de itens de origem animal. Grãos como quinoa, amaranto e chia também são suplementos proteicos, além de leguminosas como o grão de bico e a lentilha. Além disso, outras boas opções são as carnes menos gordurosas, clara de ovos e iogurtes. A carne vermelha, embora ofereça diversos aminoácidos, deve ser evitada por conter muita gordura e, em excesso, poder ocasionar o surgimento de doenças cardiovasculares e obesidade, já que sobrecarrega os órgãos por ser de difícil digestão.

Quais são as diferenças entre proteínas e aminoácidos?
Uma dieta saudável é o caminho mais curto para ingerir os aminoácidos corretos (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível