×
Loading ...

Quais são diferentes formas de poesia?

Atualizado em 20 julho, 2017

A poesia é uma forma de autoexpressão. Como tal, é tão diversa quanto os poetas que a criam. Embora haja muitos tipos para listar, alguns são mais comuns ou mais populares do que outros. Entre eles está o soneto, a balada, o verso livre e o vilancete.

Sonetos estão entre as formas mais comuns de poesia (Comstock/Comstock/Getty Images)

Sonetos

Há dois tipos de sonetos: o italiano ou petrarquiano, e o inglês ou shakespeariano. O soneto italiano consiste em dois quartetos, oito linhas com o esquema de rima "abbaabba", e um sexteto, seis linhas com o esquema de rima "cdcdcd". Isso significa que as palavras no fim da primeira linha (a) e na quarta linha rimam, as palavras no fim da segunda e terceira linhas rimam entre si, mas não com a primeira e quarta, e assim adiante. O soneto inglês ou shakespeariano consiste em três quartetos, ou estrofes de quatro linhas, com o esquema de rima "abab", e um par, que é simplesmente duas linhas que terminam em palavras que rimam. O soneto XVIII de Shakespeare, que começa com "Comparar-te com um dia de verão?" está entre os exemplos mais conhecidos do soneto inglês ou shakespeariano. O soneto XLIII de Edna St. Vincent Millay, que começa "Que lábios os meus lábios já beijaram, onde e porquê," é um exemplo conhecido do soneto italiano ou petrarquiano.

Loading...

Baladas

As baladas são poemas narrativos, ou poemas que contam histórias. O esquema de rimas é tipicamente de quatro linhas com o padrão "abab" ou "abcb." Há quatro sílabas acentuadas na primeira e terceira linhas e três na segunda e quarta linhas. Às vezes também se inclui um estribilho, como o refrão de uma música. Geralmente são anônimos e passados oralmente. No passado, quando os livros eram raros ou até inexistentes, as histórias às vezes eram preservadas e distribuídas na forma de baladas. Hoje, este estilo ainda é eventualmente usado de modo criativo e atribuído a autores.

Vilancete

O vilancete é um poema de seis estrofes ou versos. Ele tem a forma de cinco tercetos, ou versos de 3 linhas, e um quarteto. O esquema de rima é "aba aba aba aba abaa." Cada linha tem cinco sílabas tônicas. A métrica costuma ser iâmbica, o que significa que é dividida em unidades de duas sílabas, ou pés, com a acentuação na segunda sílaba. "Não entres nessa noite acolhedora com doçura", de Dylan Thomas, é um vilancete. Um exemplo de métrica iâmbica é a primeira linha.

Verso livre

A poesia de verso livre não tem rimas ou uma estrutura tradicional. As linhas não têm o mesmo número de sílabas, como no soneto. Todas ou algumas linhas não terminam em palavras que rimam. Este método menos restritivo se baseia mais em recursos literários como o simbolismo e a metáfora, comparando uma coisa a outra, para causar efeito. Esses recursos também são usados em estilos mais formais, mas são bases úteis para o poema de verso livre, que não tem a ajuda das restrições do verso formal. O verso livre também é chamado de "forma livre" ou "forma aberta." Não é o mesmo que "verso branco", o que, de acordo com o "Manual universitário de escrita criativa" (em inglês), é composto em pentâmetros iâmbicos, mesmo que as linhas não rimem.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...