Quais são os diferentes períodos da Arte Grega

Escrito por sarah collins | Traduzido por alexandre girardi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os diferentes períodos da Arte Grega
Esculturas foram um marco da Arte Grega (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os artistas gregos produziram algumas das obras de arte mais importantes do mundo. Levando em consideração a Vênus de Milo e a Vitória de Samotrácia ou, ainda, os mosaicos gregos. Variando de 900 a.C. ao primeiro século d.C., a Arte Grega pode ser dividida em quatro períodos: geométrico, arcaico, clássico e Helenístico. Não há delimitações claras entre estes quatro períodos; ao contrário, o trabalho artístico progredia de forma natural para uma nova era.

Outras pessoas estão lendo

Período Geométrico

Por volta de 900 a.C., a cultura clássica grega começou a se formar com o desenvolvimento do alfabeto e do sistema político. Durante este período, o trabalho artístico grego emergiu, com a maioria sendo de algum tipo de escultura. Estatuetas de bronze eram comumente produzidas. Artistas frequentemente pintavam cenas em enormes vasos focando rituais fúnebres, assim como os heróis guerreiros daquele tempo. Imagens geométricas podem ser difíceis de interpretar, conforme o Museu Metropolitano de Arte (Nova York), devido à falta de inscrições e atributos identificadores.

Quais são os diferentes períodos da Arte Grega
Esculturas, durante o período geométrico, eram o trabalho artístico mais frequente (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Período Arcaico

No início do século VII a.C. - a aurora do Período Arcaico - o trabalho artístico grego começou a se transformar. Ao invés do popular padrão geométrico dos séculos anteriores, artistas começaram a se engajar na fabricação de joias, trabalhos com metais e pedras preciosas, influenciados por estilos estrangeiros do Oriente próximo e Egito. Ademais, temas pitorescos de caça, grifos, esfinges e sereias começaram a aparecer.

O Período Arcaico durou 200 anos, durante os quais as esculturas ainda foram predominantes. Durante o século VI a. C., esculturas humanas começaram a se tornar mais comuns e autônomas e peças enormes se tornaram a regra.

Afinal, os artistas começaram a retratar os mitos e costumes de sua pátria através de seu trabalho, o que levou a arte ao Período Clássico.

Quais são os diferentes períodos da Arte Grega
Neste período, os gregos receberam influência do Oriente próximo e Egito (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Período Clássico

A "Era de Ouro" da Arte Grega, o Período Clássico é caracterizado pela expressão, movimento e celebração do ser humano. A anatomia humana fora totalmente representada em pedra ou bronze. Apesar de as esculturas de bronze serem a principal forma de arte desse período, apenas algumas poucas ainda existem.

Além das esculturas, muitos trabalhos de arquitetura foram concluídos durante o Período Clássico, como o Partenon. Dentro do Partenon estão representações esculturais de figuras mitológicas. O Período Clássico durou aproximadamente de 380 a 323 a.C..

Período Helenístico

Começando em 330 a.C. com as conquistas e morte de Alexandre o Grande, a arte grega sofreu uma transformação final ao entrar no Período Helenístico, o qual durou até 31 a.C..

Obras realçadas em posições dramáticas e contrastes de sombra e luz. Isto fica bem demonstrado na Vitória de Samotrácia, guardado agora pelo Museu do Louvre em Paris. Um grau ainda maior de naturalismo entrou em jogo com as obras de escultores do século IV a.C., como Lísipo e Escopas.

Este período da arte se inclina para uma violência e uma intensidade maiores, com grupos de indivíduos míticos envolvidos em violência. Um bom exemplo desse estilo é o Grande Altar de Zeus em Pérgamo.

Quais são os diferentes períodos da Arte Grega
Zeus (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível