Quais doenças causam perda de pelos em gatos?

Escrito por jon dayton | Traduzido por ana carolina prado almeida
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais doenças causam perda de pelos em gatos?
Poderá ser preciso consultar um veterinário para diagnosticar o que causa a perda de pelos no seu gato (Comstock/Comstock/Getty Images)

A perda de pelos em gatos pode causar muita preocupação para os donos de animais. As doenças que causam isso variam de condições simples a condições mais complicadas que requerem sérios tratamentos. A perda de pelos persistente pode ser um sinal de problemas graves e só um veterinário será capaz de diagnosticar e ajudar a tratar quaisquer doenças que prejudiquem o seu gato.

Outras pessoas estão lendo

Doenças parasitárias cutâneas

Uma das principais causas da perda de pelo felina são as doenças cutâneas parasitárias. Esse tipo de doença pode ser causada por diversos parasitas, como os ácaros da sarna, piolhos, micoses, leveduras e fungos. Os sintomas incluem perda de pelo, comichão excessivo, descamação da pele e eritemas. Uma visita ao veterinário determinará qual parasita é o causador do problema. Quando o parasita for reconhecido, um plano de tratamento será traçado para tratar a condição do animal.

Hipertireoidismo

O hipertireoidismo ocorre em gatos quando a glândula tireoide produz hormônio tiroxina em excesso. A perda de pelo, pele e pelos oleosos são sinais dessa condição. Cerca de 1/3 dos gatos com essa doença também desenvolve lesões cutâneas e pode começar a se lamber. Os gatos podem ser tratados tendo parte da tireoide removida por meio de terapia com iodo radioativo e metimazol.

Sarna demodécica

A sarna demodécica é uma infecção que ocorre em gatos. Ela pode ocorrer de duas formas: a localizada e a generalizada. A forma localizada é mais comum e os sintomas incluem a perda de pelo e pele escamosa no rosto, cabeça, orelhas e pescoço. A forma generalizada é semelhante nos sintomas, mas a pele escamosa e as lesões ocorrem nas pernas e no corpo. Quando a forma generalizada da sarna demodécica ocorre em um gato, normalmente sinaliza uma doença subjacente, como a leucemia felina ou outra doença grave.

Alopecia facial

A alopecia facial é uma doença que ocorre em gatos naturalmente. Os sintoma incluem diminuição da densidade de pelos entre os olhos, no rosto e perto das orelhas. Ela é mais comum em gatos de pelos curtos e de cor escura. Os animais com idades entre 14 e 20 meses são os mais suscetíveis. Essa condição não deve ser um motivo de preocupação, a menos que apareçam sinais de doenças de pele, como vermelhidão ou escamação. Também não existem tratamentos necessários, porque a doença desaparece por conta própria.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível