Quais são as fases pelas quais se passa durante um divórcio?

Escrito por kyle walsh | Traduzido por nicolas sales
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as fases pelas quais se passa durante um divórcio?
Um divórcio significa o fim de um casamento, mas suas fases emocionais podem levar a um resultado positivo (Pixland/Pixland/Getty Images)

Enquanto um processo de divórcio legal segue um conjunto rigoroso de instruções com um começo e final claros, a jornada do divórcio emocional não é tão clara. Como um dos episódios mais desafiantes para o coração humano, um divórcio traz sentimentos que podem ir de raiva extrema a tristeza profunda. A boa notícia é que a maioria das pessoas pode terminar aceitando e ter recomeços positivos.

Outras pessoas estão lendo

Vergonha e traição

Assinar um divórcio é frequentemente seguido por sentimentos de vergonha e traição de ambos os cônjuges. Ao explicar reações comuns dos cônjuges em divórcios, o advogado do Texas James R. LoStracco Jr. diz que o cônjuge pode sentir-se envergonhado por buscar um divórcio ou por ter criado problemas matrimoniais. O processo emocional é ainda mais complicado se um cônjuge sente-se forçado a divorciar-se devido a uma traição de seu parceiro, vê uma esperança falsa de reconciliação ou deixa as emoções causarem conflitos de poder ou delongas no processo do divórcio.

Mágoa e confusão

Quando a realidade da mudança começa a concretizar-se para cada cônjuge, mágoa e confusão tornam-se sentimentos dominantes. Comparando esses sentimentos do divórcio àqueles que surgem depois da perda de uma pessoa amada, a advogada especialista em mediação de divórcios Diane Neumann explica que ataques emocionais e confusão de identidade são comuns, já que a unidade familiar transformada significa que os papéis antigos de cônjuges não existem mais. Nessa fase, má concentração, sensibilidade emocional e problemas na criação dos filhos podem ocorrer frequentemente.

Hostilidade e ressentimento

Hostilidade e ressentimento, frequentemente baseados em medo, devem ser controlados antes que um cônjuge possa completar o processo emocional do divórcio. Não querer a felicidade para a outra parte pode fazer com que um cônjuge fique imerso em sentimentos negativos e isso pode interferir em relacionamentos familiares ou causar desacordos contínuos. Dito isto, o maior grau de energia que é exibido durante este estágio irá melhorar a atitude em relação aos filhos e pode ajudar cada cônjuge a seguir em frente emocionalmente.

Aceitação e recomeço

Ficar confortável com uma nova direção de vida é a chave para a conclusão das fases emocionais do divórcio. Para chegar lá, cada cônjuge irá frequentemente seguir novas ideias e buscas como uma pessoa solteira enquanto descobre que as decisões vêm rápido e que sua energia total é maior. Com uma consciência maior de suas próprias recuperações pessoais, o resultado ideal é quando os cônjuges estão aptos a esquecer o casamento passado e aproveitar o controle que têm sobre o futuro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível