Quais frutas e vegetais fazem mal para os cães?

Escrito por kalyn villaneda | Traduzido por juliana s. zoccoli
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais frutas e vegetais fazem mal para os cães?
Completar a dieta do seu cão com frutas e vegetais pode ser saudável se você tiver cuidado para evitar alimentos que podem ser tóxicos para o seu animal de estimação (David De Lossy/Valueline/Getty Images)

Pode ser difícil resistir ao olhar adorável dos olhos castanhos de seu golden retriever, quando ele pede por algo em sua refeição. Alguns alimentos são inofensivos, ou até mesmo saudáveis, para os cães, mas lembre-se que seus metabolismos são projetados para digerir e processar diferentes nutrientes do que os humanos. Algumas das coisas que você come regularmente podem ser tóxicas para o seu cachorro. Da próxima vez que quiser compartilhar com seu amigo peludo, dê uma olhada mais de perto para garantir que não há itens perigosos em seu prato.

Outras pessoas estão lendo

Uvas

As uvas têm o potencial de causar insuficiência renal em cães. O mesmo pode ser dito de qualquer alimento (como passas) que vem a partir de uvas. Os cães têm diferentes níveis de tolerância. Alguns podem comer um quilo da fruta sem apresentar efeitos colaterais enquanto outros podem ficar doentes com apenas algumas delas. Por você não ter como saber quanto o seu cão pode comer antes de ficar doente, leve-o a um veterinário se você suspeita que ele andou mastigando algumas uvas. Remova todas as videiras de seu quintal para diminuir o risco de intoxicação.

Frutas sem caroço

Isto inclui frutas que têm um grande caroço no centro, como damascos, cerejas, pêssegos e ameixas. Apesar das maçãs terem sementes menores, elas também têm efeitos tóxicos semelhantes nos cães. A fruta em si é inofensiva, mas as sementes e as folhas contêm uma substância química que é semelhante ao cianeto. Cães que comem esses frutos podem sofrer problemas respiratórios. Preste atenção em aumentos da ansiedade em seu cão ou se seus olhos estão dilatados, estes são sintomas que podem indicar que seu cão pode ter ingerido essas sementes tóxicas.

Abacates

Nenhuma parte da planta de abacate é segura para o seu cão comer. Os compostos graxos do abacate são o ingrediente tóxico aqui. Seu cão pode comer um abacate ou dois antes de começar a apresentar sintomas, ou pode ficar doente imediatamente. Os sintomas desse tipo de intoxicação alimentar são dificuldade em respirar, aumento abdominal e líquido no tórax.

Cebolas

As cebolas contêm uma substância química conhecida como tiossulfato que, se consumido em grandes quantidades, pode danificar as células vermelhas do sangue do seu cão. Mantenha as cebolas fora da dieta regular do seu amigo. Mesmo uma cebola ocasional pode ser prejudicial, porque o metabolismo dele não pode processá-la. Por esse motivo, ele pode apresentar problemas gastrointestinais, como diarreia ou vômitos.

Tomates verdes

Tomates vermelhos são perfeitamente bons para a maioria dos cães, mas tome algumas medidas para manter seu animal de estimação longe de seus pés de tomate. Tomates verdes e imaturos, juntamente com a própria planta, contêm atropina. Este químico pode causar arritmias cardíacas em seu cão. Se o animal comer um tomate verde ou uma planta de tomate, preste atenção em vômitos, diarreia, dificuldade para respirar, salivação excessiva, letargia e até mesmo convulsões. Se ele tem doenças inflamatórias, como a artrite, evite alimentá-lo com tomates, mesmo que estejam maduros, pois pode aumentar a inflamação e agravar os sintomas do seu cachorro.

Batatas cruas

Batatas cozidas são uma boa fonte de carboidratos para os cães, mas mantenha batatas cruas fora do alcance deles. Elas podem também ser tóxicas. Se você quiser complementar a dieta do seu cão com batatas, cozinhe-as cuidadosamente antes de adicioná-las à sua alimentação. Use cercas para manter o seu cão fora de seu jardim se você planta suas próprias batatas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível