Quais são as funções do hormônio estimulante da tireoide?

Escrito por natasha gilani | Traduzido por wanderson david
Quais são as funções do hormônio estimulante da tireoide?

O TSH mantém o funcionamento eficaz do corpo humano

human body image by Alhazm Salemi from Fotolia.com

O hormônio estimulante da tireoide (TSH), ou tireotrofina, é um hormônio produzido por uma estrutura do tamanho de uma ervilha — a glândula pituitária, localizada na base do cérebro. O hipotálamo regula a produção de TSH, sendo também a parte do cérebro responsável por regular a temperatura corporal, a sede e a fome. O TSH é um componente integrante da glândula tireoide e desempenha um papel vital na gestão do funcionamento eficiente do corpo humano.

Outras pessoas estão lendo

Estímulo da produção dos hormônios tireoidianos

O TSH estimula a glândula tireoide a produzir os hormônios tireoidianos (tiroxina e tri-iodotironina), que regulam as atividades metabólicas do corpo. A tiroxina aumenta o ritmo cardíaco e a taxa metabólica basal e melhora o desenvolvimento do cérebro. Sua suplementação é usada ​​para tratar o hipotireoidismo — a baixa função da tireoide. Os sintomas dessa condição são: letargia, dores passageiras e consecutivas, dores profundas, infecções, vertigem, tontura, perda do interesse em atividades, depressão e alterações de humor. A tri-iodotironina aumenta a capacidade de consumo de oxigênio para a produção de energia, aumenta a taxa metabólica e estimula a síntese de proteínas.

Tecido adiposo castanho

O TSH estimula a glândula tireoide a produzir os hormônios da tireoide, que, além das funções citadas anteriormente, regulam a temperatura do corpo. Eles estimulam o tecido adiposo castanho, que é um tipo de tecido mamífero cuja função é gerar calor para os corpos de recém-nascidos (compondo cerca de 5% do peso do recém-nascido). O tecido adiposo castanho é um tecido termogênico que dissipa a energia em vez de armazená-la. O TSH estimula a termogênese pela regulação da produção desse tecido.

Detecção de desequilíbrios da tireoide

O TSH é capaz de efetivamente detectar desequilíbrios e funcionamento anormal da glândula tireoide. Quando isso acontece, a glândula pituitária entra em ação e lança mais TSH — que, por sua vez, estimula a produção de hormônios tireoidianos adicionais quando detecta que a glândula tireoide não está liberando uma quantidade suficiente deles (hipotireoidismo). O hipertireoidismo é a condição na qual a glândula tireoide produz uma quantidade excessiva de hormônios tireoidianos. Nesse caso, a glândula pituitária interrompe a produção de TSH, suprimindo a produção de hormônios da tireoide. O hipotireoidismo é associado a condições como fadiga, síndrome do túnel do carpo, palidez, osteoporose, coceira na pele, retenção de água e baixa frequência cardíaca. Os sinais e sintomas de hipertireoidismo são: delírio, arritmias, vômitos, perda de libido, apatia e ansiedade. O teste de TSH detecta hipo e hipertiroidismo e monitora de maneira eficaz o tratamento das condições.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media