Quais são os impactos humanos no bioma pradaria?

Escrito por kevin carr | Traduzido por ricardo soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os impactos humanos no bioma pradaria?
Pradarias é o lar de diferentes tipos de espécies (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

O crescimento da população humana tem um grande impacto sobre os diferentes biomas da Terra. Biomas pradarias, caracterizados por grandes áreas de terra onde as gramíneas são a principal forma de vida vegetal, são afetados pela expansão da civilização humana de forma específica. As pradarias para muitas espécies de herbívoros, que por sua vez fornecem uma fonte de alimento para os predadores maiores, muitas vezes estão em risco.

Outras pessoas estão lendo

Desenvolvimento urbano

O maior impacto que os seres humanos causam em pradarias é através da propagação da agricultura em áreas abertas ou o crescimento urbano. Tal aumento é predominante nas pradarias porque necessitam de pouco trabalho no desenvolvimento de terra. O cultivo da terra afasta os animais das áreas povoadas e muda as condições do meio ambiente.

Agricultura

Quando pradarias são convertidas em lavouras, há uma redução na fonte de alimento de muitos animais selvagens. Neste caso, os animais são considerados pragas pelos agricultores quando se alimentam da colheita. Isto pode levar à migração ou possivelmente à fome dos animais.

Não só a conversão de terras em culturas altera o ecossistema, mas também o mesmo acontece com a criação de gado. Se o rebanho pode pastar em áreas onde animais selvagens vivem, eles competem pela fonte de comida e podem esgotá-la. Este pastoreio é um problema, especialmente nas áreas mais secas da pradaria, onde os recursos naturais podem ser esgotados. A terra também pode ser lavrada demais, retirando os nutrientes do solo. Sais presentes na água de irrigação também podem deteriorar a terra, causando erosão no solo. Este é o processo que criou a Tempestade de Areia (Dust Bowl) no oeste norte-americano na década de trinta, e continua a causar grandes tempestades de poeira.

Caça

A caça teve e continua a ter um sério impacto sobre o bioma. A população de bisão americana foi devastada pelos colonizadores europeus, sendo quase extinta devido à caça excessiva em prol da pele e carne. Caçadores furtivos estão matando da mesma maneira na África rinocerontes pelas suas presas e elefantes por seu marfim.

Aquecimento global

Com as mudanças climáticas devido à intervenção humana, as pradarias tornam-se vulneráveis. Mudanças climáticas podem causar sucessão ecológica, onde o ecossistema de uma área desenvolve-se em outro. Alterações de temperatura, padrões climáticos e disponibilidade de água podem tirar uma área de pradaria do equilíbrio e mudá-la para sempre.

Incêndios

Como pradarias podem ser encontradas em climas mais secos, a vida vegetal é susceptível a incêndios. Os incêndios florestais ocorrem como um processo natural dentro de um ecossistema e desempenham um papel fundamental na reposição da terra. Entretanto, os incêndios tendem a ocorrer com mais frequência perto de populações humanas, especialmente nos meses mais secos.

Impactos positivos

Os seres humanos não têm apenas um impacto negativo nas pradarias. Há alguns que fazem sua parte para preservar a terra e restaurá-la. Parques nacionais foram desenvolvidos em torno de pradarias, e algumas organizações replantam áreas de pradarias empobrecidas. Os governos decretaram leis contra a caça de animais ameaçados de extinção. Em particular, o Serviço de Parques Nacional dos EUA preservou o terreno para alimentar a população de bisão americano. Enquanto a caça ainda existe em muitas áreas, há esforços para detê-la.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível