Quais insetos africanos usam veneno para paralisar?

Escrito por kim lockhart | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais insetos africanos usam veneno para paralisar?
O escorpião negro africano é uma das espécies mais perigosas do mundo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A África é um paraíso para insetos perigosos que usam veneno para paralisar suas vítimas. A picada de um desses animais pode não ser fatal para os seres humanos, mas ainda pode causar muita dor e até doenças graves. Aranhas, escorpiões, abelhas, vespas e formigas estão entre os insetos mais venenosos desse continente.

Outras pessoas estão lendo

Aranhas venenosas

As viúvas-negras são particularmente venenosas. Sua coloração varia do creme ao preto e uma mordida de uma fêmea tem a capacidade de matar uma criança e fazer muito mal a um adulto. As viúvas negras usam seu veneno para paralisar os insetos antes de sugar a vida deles, mas uma mordida também pode causar paralisia em humanos. As aranhas da família Clubionidae são conhecidas por picar mais seres humanos do que qualquer outra espécie. Elas são pálidas e seu veneno mata as células, provocando a ruptura do tecido e formando bolhas no local da picada.

A aranha da areia de seis olhos é particularmente tóxica, sendo encontrada no deserto africano. Uma picada desse inseto pode matar um coelho em uma questão de horas. Seu veneno provoca vazamento dos vasos sanguíneos, destruição dos tecidos, paralisia e insuficiência múltipla dos órgãos.

Escorpiões

Os escorpiões paralisam as suas presas injetando veneno por meio do ferrão curvado no final de suas caudas. O escorpião negro africano é o mais venenoso. O escorpião granulado de cauda grossa gosta de areia compacta e solo arenoso e vive ativamente à procura de presas. Encontrada na Cidade do Cabo e no Zimbábue ocidental, essa espécie é altamente venenosa e mata cerca de seis pessoas a cada ano. Frequentemente achado sob pedras e troncos, o escorpião de cauda grossa da África do Sul é considerado um dos mais perigosos do continente. O seu veneno é muito potente e pode causar a morte em crianças. Essa espécie é a mais mortal de todos os escorpiões. Encontrados em desertos e habitats secos, eles são responsáveis ​​por várias mortes a cada ano. As picadas tóxicas do escorpião causam dor, dormência e paralisia e podem resultar em morte se não houver tratamento imediato, sendo as crianças as mais vulneráveis.

Abelhas e vespas

A picada de uma abelha é venenosa e pode causar paralisia temporária. Se uma pessoa for picada várias vezes, seu sistema respiratório pode ser paralisado, mas em pessoas que são alérgicas a esses insetos apenas uma picada pode ter consequências graves. As abelhas africanizadas, também conhecidas como abelhas assassinas, são muito agressivas. Embora seu veneno não seja mais potente do que o de uma abelha comum, elas são conhecidas por atacar em maior número e perseguir animais e pessoas por distâncias maiores. Tal como acontece com todas as outras espécies, uma abelha africanizada morre depois da picada. As vespas caçadoras usam veneno para paralisar tarântulas antes de colocar um único ovo no abdômen da presa que, quando eclodir, devorará a tarântula de dentro para fora. Uma picada de uma vespa caçadora não é fatal para os seres humanos, mas o veneno provoca dor extrema e devem ser tomados anti-histamínicos para contrariar os seus efeitos.

Formigas

As formigas cortadeiras estão entre os insetos mais venenosos do mundo. A picada de uma dessas formigas é mais potente do que a de uma abelha e causa dor, queimação, urticária, paralisia temporária e náuseas. As formigas lava-pés, encontradas nas partes ocidentais da África, têm uma picada venenosa que pode fazer com que a pele de uma pessoa pareça estar em chamas. Uma única picada não é perigosa e pode ser tratada, mas se estiverem em grande quantidade as formigas são capazes de matar uma pessoa ou um animal, e uma reação alérgica à picada delas pode provocar edema e paralisia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível