Quais medicamentos e suplementos diminuem o PSA?

Escrito por jaime herndon | Traduzido por philipe oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais medicamentos e suplementos diminuem o PSA?
O teste de PSA é tipicamente recomendado para homens acima de 50 anos para detectar câncer de próstata (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

O antígeno específico protático, ou PSA, é uma proteína produzida pelas células glandulares da próstata, de acordo com o National Cancer Institute. Como níveis elevados de PSA podem indicar câncer de próstata, o teste do PSA é frequentemente realizado. No entanto, é importante ter em mente que há muitas outras razões para o nível de PSA de um homem estar elevado. Embora alguns medicamentos e suplementos possam ajudar a reduzir esses níveis, consulte um profissional de saúde antes de tomá-los.

Outras pessoas estão lendo

Diuréticos tiazídicos

Os diuréticos tiazídicos reduzem os níveis de PSA. Esses medicamentos são normalmente usados ​​para tratar a hipertensão arterial, aumentar a produção de urina e reduzir a quantidade total de água no organismo, de acordo com o site drugs.com. Um estudo publicado no Journal of Clinical Oncology descobriu que os homens que tomaram estes diuréticos por mais de cinco anos tiveram uma redução de 25% dos níveis de PSA, e os homens que tomam estatina e diuréticos tiazídicos ao mesmo tempo tiveram uma redução de 36%. Enquanto estiver tomando esta medicação, o indivíduo poderá ser instruído a comer alimentos com alto teor de potássio, pois essa droga pode causar perda de potássio. Outras precauções enquanto do uso dessa medicação podem incluir instruções especiais para diabéticos, evitar luz solar direta e usar protetor solar. Os efeitos colaterais dos diuréticos tiazídicos incluem urina ou fezes com sangue, boca seca, diminuição da capacidade sexual, diarreia, tontura ou sensação de desmaio, perda de apetite e dor no estômago. Antes de tomar qualquer diurético tiazídico e mascarar os níveis de PSA, converse com um profissional de saúde para avaliar os riscos e benefícios.

Estatinas

Estatinas, ou drogas estatinas, também podem diminuir os níveis de PSA. De acordo com um estudo publicado no Journal of Clinical Oncology, os homens que tomam estatinas por mais de cinco anos tiveram uma redução de 13% dos níveis de PSA - e com redução maior quando também tomaram diuréticos tiazídicos. As estatinas são normalmente prescritas para abaixar os níveis de colesterol, de acordo com a Universidade da Califórnia-San Diego. Elas ajudam a diminuir o colesterol ruim, ou LDL, e triglicerídeos, bem como ajudam a elevar o bom colesterol, conhecido como HDL. Algumas estatinas podem até mesmo ajudar a baixar a pressão arterial. Possíveis efeitos colaterais dessas drogas podem incluir alterações da função hepática, dor muscular ou fraqueza, alterações de memória ou concentração, alterações de humor, insônia, mudanças no funcionamento sexual e dor de estômago. Conversar com um profissional de saúde poderá ajudar a determinar se estatinas são uma escolha adequada para diminuir os níveis de PSA.

Vitamina E

Estudos divergem quanto à vitamina E e os níveis de PSA. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, alguns estudos descobriram que homens que tomam altas doses de vitamina E tinham menos riscos de desenvolver câncer de próstata, enquanto outros encontraram um aumento do risco quando altas doses foram consumidas. A Universidade de Maryland acrescenta que um teste clínico descobriu que uma combinação de vitamina E, vitamina C, betacaroteno, selênio e zinco pode reduzir o risco de desenvolvimento de câncer da próstata em homens com níveis de PSA normais e não elevados. No entanto, mais estudos precisam ser feitos antes de uma conclusão definitiva sobre a vitamina E, os níveis de PSA e o câncer de próstata.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível