Quais são os níveis saudáveis de creatinina no sangue?

Escrito por andrea helaine | Traduzido por ana claudia bragé
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os níveis saudáveis de creatinina no sangue?
Exames de sangue e urina são indicados para avaliar os níveis de creatinina (Keith Brofsky/Digital Vision/Getty Images)

A creatinina é um produto residual presente no sangue e na urina. Ela é criada quando os alimentos se transformam em energia durante os processos metabólicos, sendo então quebrada e levada do sangue para os rins e passada para a urina. Os rins são órgãos vitais que ajudam a manter o sangue limpo e equilibrado. Se o corpo não conseguir eliminar os resíduos, eles irão se acumular e prejudicar a saúde do sangue.

Outras pessoas estão lendo

Creatinina e fígado

Os níveis de creatinina no sangue demonstram bem a capacidade do corpo de processar essa substância. Se o nível estiver muito alto ou muito baixo, é importante fazer exames com um médico, relativos as funções renais e hepáticas. Os exames de creatinina e ureia nitrogenada ajudam a determinar se o fígado e os rins estão funcionando normalmente.

Níveis normais de creatinina

De acordo com o Instituto Nacional de Saúde dos EUA, os valores normais de creatinina são de 0.8 a 1.4 mg/dL. Alguns laboratórios têm os próprios sistemas de medidas para os níveis dessa substância, mas os valores e as medidas são informados nos resultados de exames. Muitos laboratórios também destacam valores muito altos ou muito altos para o médico verificar. As mulheres normalmente apresentam creatinina mais baixa do que os homens, devido à diferença de massa muscular. Valores levemente elevados são normalmente sinais de que os rins não estão tão produtivos como deveriam, e que os órgãos devem ser observados de perto e reexaminados.

Exames de creatinina

Para medir os níveis de creatinina, amostras de sangue e urina serão necessárias. As amostras de urina são verificadas em um período de 24 horas. É importante não se exercitar antes do exame, pois pode causar aumento do resultado.

Nível alto de creatinina

Níveis de creatinina altos excedem 1.5 mg/dL e com frequência indicam dano aos rins, o que pode ser causado por circulação, choque, câncer ou uma infecção grave. As doenças que com frequência produzem um nível mais alto consistem em bloqueios do trato urinário, problemas cardíacos, problemas da tireoide e desidratação.

Nível de cratinina baixo

Baixos níveis de creatinina ficam abaixo de 0.8 e podem indicar a existência de doença muscular, como distrofia muscular, e podem apresentar sinais de envelhecimento ou dieta alimentar alterada. Se a dieta de alguém é pobre em proteínas, os níveis podem ser afetados.

Os valores de creatinina podem ser avaliados durante a gravidez, pois ela pode causar níveis baixos. Nesse caso, um tratamento pode ser necessário e pode incluir avaliação do estresse causado pela gravidez nos rins.

Níveis baixos também podem ser devido a câncer, baixo fluxo sanguíneo aos rins, problemas urinários, cirrose ou desidratação.

Proporção de ureia nitrogenada sanguínea e creatinina

Se o médico suspeitar de dano ao fígado, ele irá avaliar os níveis de creatinina e ureia nitrogenada. O teste leva em conta a função do fígado e dos rins por meio de uma comparação de resultados. A ureia nitrogenada é um resíduo de degradação de proteínas; ela é produzida no fígado e passada à urina.

O exame de proporção entre ureia nitrogenada e creatinina pode indicar se o aumento do nível está ocorrendo devido a falência renal aguda, choque ou desidratação. Um resultado alto pode indicar sangramento no trato respiratório ou digestivo. Em oposição, se houver resultado baixo demais, o médico irá considerar questões hormonais ou de alimentação, lesão muscular, gravidez, problemas hepáticos, doença respiratória, e outros relacionados ao sistema nervoso central. Se os níveis ficarem fora do limite, o médico irá avaliar a história familiar, pedir outros exames e reconsiderar medicações que estão em uso pela pessoa. Se o exame mostrar níveis baixos ou altos, o exame deve ser pedido novamente em duas semanas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível