Quais países têm pena de morte para homossexuais?

Escrito por jamie quaranta | Traduzido por laura louzada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais países têm pena de morte para homossexuais?
Estar em um relacionamento gay pode ser fatal em alguns países muçulmanos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A homossexualidade é ilegal em vários países do mundo, e algumas dessas nações punem com pena de morte os cidadãos envolvidos em relacionamentos do mesmo sexo. De acordo com a Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transsexuais e Interssexuais, o Irã, o Sudão, a Somália, a Nigéria, a Mauritânia e a Arábia Saudita têm as leis anti-gays mais opressivas.

Outras pessoas estão lendo

Irã

As partes 2 e 3 do Código Penal Islâmico iraniano de 1991 implementaram o açoitamento de indivíduos envolvidos em sodomia, lesbianismo ou outros atos sexuais considerados blasfemos ou obscenos pela República Islâmica.

Sudão

De acordo com a seção 148 do seu código penal, qualquer mulher ou homem que praticar sexo anal recebe a pena de morte se for condenado em três acusações de sodomia.

Somália

Embora este país não tenha um governo oficial há mais de duas décadas, a região do sul do país impõe as leis da Charia islâmica que punem os homossexuais com a pena de morte ou açoitamento. Além disso, na região semi-autônoma da Somalilândia, ao norte, aplicam-se os artigos 409 e 410 do código penal que foi aplicado antes das outras regiões da Somália entrarem em colapso em 1991. O artigo 409 afirma que qualquer pessoa que tenha relações sexuais com outra do mesmo sexo deve ser presa por um período de três meses a três anos, se for provado que o ato sexual foi físico e não emocional. O artigo 410 afirma que medidas de segurança mais prolongadas devem ser postas em prática, em vez do artigo 409, dependendo da gravidade dos crimes sexuais.

Nigéria

Muitas regiões do norte da Federação da Nigéria impuseram seus próprios éditos da Charia islâmica, que criminalizam atos sexuais cometidos entre casais do mesmo sexo. A pena de morte para os homens homossexuais é a punição mais grave, já as lésbicas estão sujeitas a chicotadas e/ou prisão perpétua.

Mauritânia

O artigo 308 do código penal deste país do oeste africano obriga a pena de morte por apedrejamento para todos os homens islâmicos adultos que se envolvam em relações do mesmo sexo. Por outro lado, o primeiro parágrafo do artigo 306 do código penal do país dá às mulheres homossexuais uma pena de três meses a dois anos de prisão.

Arábia Saudita

A monarquia absolutista deste estado do Golfo Árabe não tem um código penal que defina punição para homossexuais no país. Entretanto, as leis restritas do Islã são aplicadas para todos os que se envolvam em sodomia, que é punida por apedrejamento para homens e mulheres casados, e deportação e chicoteamento dos indivíduos se ambos vivem fora de uma relação de matrimônio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível