Quais partes da cebolinha-verde são comestíveis?

Escrito por jackie johnson | Traduzido por regina fleck
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais partes da cebolinha-verde são comestíveis?
A cebolinha-verde pertence à mesma família do alho, da cebola e do alho-poró (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

A cebolinha-verde tem altos níveis de vitamina C e pertence à família "allium", que também inclui o alho, a cebola e o alho-poró. Quase todas as suas partes são comestíveis, embora, depois de as lavarem bem, as pessoas cortem a camada exterior, a parte superior do verde e todas as raízes antes de a colocarem em um prato ou em uma salada.

Outras pessoas estão lendo

Cultivo

A cebolinha-verde cresce durante o inverno em climas quentes ou mornos e no verão em climas mais frios. A maioria dos produtores usam "sets", bulbos secos e pequenos, e enterram-nos a cerca de 3 cm do topo do solo. As cebolinhas-verdes cultivadas em clima frio são de "dia longo", enquanto aquelas cultivadas em clima mais quente são de "dia curto". Esse vegetal também é chamado de cebola da primavera, porque é um dos primeiros alimentos que se colhe nessa estação.

Usos

Além de conferir um agradável sabor de cebola, uma cebolinha-verde picada dá um toque especial a uma salada. Ela é usada em muitas culturas como enfeite, particularmente na culinária mexicana, onde dá bastante sabor aos molhos. Quando cortada, os cozinheiros adicionam o bulbo da cebolinha-verde ao final do cozimento, pois as fatias são pequenas, finas e cozinham rapidamente. Quando grelhada, a cebolinha-verde tem um sabor defumado. Além disso, algumas pessoas usam a parte superior de cebolinha-verde em omeletes ou por cima do queijo cottage.

Benefícios

A cebolinha-verde tem benefícios nutricionais significativos. Ela possui flavonoides que ajudam o corpo a produzir a glutationa, uma substância que ajuda a limpar o fígado e transporta toxinas e compostos cancerígenos para fora do corpo. O U.S. Departament of Agriculture (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) relata que uma cebolinha-verde média tem 90 gramas de betacaroteno, 150 gramas de vitamina A, 171 gramas de luteína e 41 gramas de potássio. Uma quantidade equivalente de cebola crua, por outro lado, não tem betacaroteno nem vitamina A, apenas um grama de luteína e só 20 gramas de potássio.

Advertências

Como a cebolinha-verde cresce no solo, que pode conter bactérias prejudiciais, lavar e arrancar a camada externa do vegetal reduz o risco de contaminação e intoxicação alimentar. Além disso, cães e gatos não devem comer cebola ou alho, porque contêm compostos que podem causar anemia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível