Quais são os perigos dos palitos mastigáveis?

Escrito por kim nguyen | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os perigos dos palitos mastigáveis?
Cães amam mastigáveis, mas existem riscos associados à essas guloseimas (Dog with Treat image by T^i^ from Fotolia.com)

Cães amam mastigáveis de couro cru. Como um brinquedo e uma guloseima embalados em um produto só, eles são o paraíso para qualquer canino. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados enquanto o animal desfruta dos palitinhos mastigáveis sob o risco da ocorrência de lesões e até mesmo a morte decorrentes da ingestão inadequada do produto. De fato, as questões de segurança que cercam os mastigáveis podem levar os donos de cães a pensar se o risco vale mesmo a pena.

Outras pessoas estão lendo

Ingredientes (ou a falta deles) pode ser enganadores

Os mastigáveis geralmente são feitos de couro bovino curado, mas também podem ser de ovelha, orelhas de porco ou caudas de boi. Existem mastigáveis em cortes naturais e aqueles prensados no formato de ossos ou palitos.

Alguns produtos não disponibilizam a lista de ingredientes ou tabela nutricional e químicos como o arsênico, cádmio e chumbo podem ser encontrados no produto. São elementos perigosos para o consumo humano e canino.

Potencial bacteriológico

Já houve relatos de produtos contaminados com salmonela, que pode causar sérias infecções em cães, levando à diarreia, perda de apetite, vômito e até mesma morte. Além disso, pode ocorrer a contaminação do cão para os seres humanos.

Ingestão inapropriada

Se os mastigáveis forem consumidos em pedaços de tamanhos irregulares, pode representar sérios riscos para os cães, incluindo a morte. Pedaços prensados podem expandir-se dentro do estômago do animal, assim como os palitos podem espetar o cão enquanto ele mastiga-os. Além disso, os pequenos pedaços podem arranhar suas entranhas ao engoli-los e os pedaços maiores podem causar engasgamento ou entupimento do estômago e intestinos, sendo às vezes necessária uma cirurgia.

Os veterinários sugerem que os mastigáveis sejam pelo menos 5 cm mais largos que a boca do cão para que ele não consiga engoli-los e que os proprietários fiquem de olho no animal enquanto ele aprecia a guloseima.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível