Quais são as pestes comuns em abóboras?

Escrito por chasity goddard | Traduzido por michel makarios
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as pestes comuns em abóboras?
Percevejos coreídeos se alimentam da seiva no cabo e nas folhas das abóboras (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

As abóboras são membros da família das Cucurbitáceas, juntamente com as melancias, abobrinhas e pepinos. Elas são suscetíveis a infestações de diferentes tipos de insetos que podem reduzir o rendimento da colheita, causar murchidão e transmitir doenças bacterianas, virais e fúngicas ou, em último caso, causar a morte da planta. Controlar populações de insetos não é uma tarefa fácil e identificar a peste é o primeiro passo para elaborar um tratamento que obtenha sucesso. Você pode remover as pragas das plantas com inseticidas cuidadosamente escolhidos e especificamente formulados para a peste invasora ou tirar os insetos das plantas com a mão.

Outras pessoas estão lendo

Percevejo coreídeo

O percevejo coreídeo ataca principalmente abobrinhas e abóboras procurando a seiva nas folhas e cabos das plantas. O percevejo coreídeo adulto é um inseto pequeno e cinza escuro com listras laranjas e marrons no corpo. Ele tem asas e deposita 20 ovos nas folhas por volta do final do mês de maio até o meio de junho. As infestações de percevejos coreídeos causam a murchidão das folhas e cabos, uma coloração marrom das folhas e até a morte. Grandes populações de insetos se alimentam também do fruto quando necessário. Monitore as plantas com frequência, particularmente embaixo das folhas, e trate as infestações o mais cedo possível com um inseticida piretroide.

Pulgões

Pulgões também chupam a seiva e líquidos das folhas, frutos e cabos das abóboras. A maioria das infestações de pulgões é menor, causando poucos danos às plantas, mas geralmente leva a infecções virais como o vírus do mosaico patogênico. Infecções virais não têm cura ou tratamento, portanto, você deve destruir as plantas infectadas. Coloque as plantas sob uma forte corrente de água para remover os insetos das folhas. Joaninhas se alimentam de populações de pulgões.

Besouros de pepino

O besouro de pepino listrado comumente se alimenta das abóboras, e o besouro de pepino pontilhado infestará a safra de abóbora da mesma forma. Os besouros carregam a bactéria do mal murcho, o qual é o mais prejudicial a pepinos e melões, mas podem também afetar a safra de abóboras infectadas. O besouro do pepino se alimenta das flores e do fruto da planta, reduzindo o rendimento da colheita. O besouro listrado tem três listras pretas e quatro amarelas em volta do abdômen, enquanto o pontilhado tem 12 pontos pretos em corpo amarelo. As larvas são brancas com pontinhos pretos e os ovos são meio amarelos e alaranjados. Controle as populações de besouro de pepino com plantas-armadilha, pequenas estufas ou inseticidas.

Melittia cucurbitae

Melittia cucurbitae é uma mariposa que fura o cabo da abóbora durante a sua fase de lagarta. Enquanto essa mariposa vive e se alimenta dentro do cabo, infestações são difíceis de serem detectadas. Sintomas de infestações incluem plantas murchas, serragem na base da planta e excrementos marrons emergindo de pequenos buracos nos cabos. As larvas são brancas ou cremes com uma cabeça marrom. As adultas têm pernas posteriores vermelhas, corpos cinza escuros e dois pares de asas. Passe o inseticida no começo do verão nos primeiros sinais de infestação. Você poderá ainda abrir os cabos na área danificada e remover qualquer lagarta visível com as mãos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível