Quais são os poderes e fraquezas de Poseidon?

Escrito por robert vaux | Traduzido por carlos nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os poderes e fraquezas de Poseidon?
A mitologia grega é vasta e cheia de histórias (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Poseidon foi o deus grego do mar e também dos terremotos e dos cavalos. A mitologia descreve-o como sendo um deus temperamental que, muitas vezes, atormentava quem o irritava com tempestades e naufrágios. A precisão de seus poderes e fraquezas depende da história específica em que ele aparece, mas, como os outros deuses gregos, quase nada o prejudica. Seus únicos pontos fracos reais estão em mentir para ele ou enganá-lo, mas a desgraça cai naquele que o faz se Poseidon vier a descobrir que foi ludibriado.

Outras pessoas estão lendo

Oceanos

Como o deus do mar, Poseidon tem poder sobre todas as formas de água, tal qual as criaturas do mar como peixes e golfinhos. Um mito conta a história de um concurso realizado entre Poseidon e Atena, para determinar quem seria o patrono da capital da Grécia. Poseidon golpeou o chão com o seu tridente e fez com que imediatamente jorrasse água de uma nascente acima das rochas. (Infelizmente, o jorro foi salgado e a oliveira que Atena plantou foi considerada muito mais útil. A cidade de Atenas ainda hoje leva seu nome.)

Terremotos e Tempestades

Poseidon era considerado um deus destruidor e muitos de seus poderes refletem uma inclinação apocalíptica. Ele podia chamar tempestades e tufões em céu azul, dirigia navios contra rochas com ondas terríveis e criava novas formações de terra, desencadeando grandes terremotos. Quando ele perdeu a disputa com Atena, inundou a planície Ática como punição, e o rei grego Odisseu passou dez anos viajando pelo mar, ultrapassando as tempestades e tufões que Poseidon enviou para seu caminho.

Cavalos

Além de oceanos e terremotos, Poseidon era o deus dos cavalos. Ele atravessou o mar em uma carruagem de ouro desenhada por hipocampos (cavalos-do-mar), e os mitos atribuem-lhe a paternidade de inúmeros cavalos mágicos. Ele seduziu a deusa Demeter enquanto estava disfarçado como desses animais, e seu filho, Arion, era um equino falante. Ele também seduziu a Medusa, quando ela era uma mulher humana e, quando Perseu cortou a cabeça da Medusa, Pégaso nasceu deste sangue.

Esfera de influência limitada

Como um deus, Poseidon possuía poucas fraquezas tangíveis. A mais importante era a sua influência relativamente limitada. Ele não tinha poder sobre o ar ou a terra (além de ser capaz de causar terremotos), e se ele se intrometesse nestes reinos, iria atrair a ira de qualquer outro deus que lá dominava. A melhor maneira de se proteger de sua ira era simplesmente se manter longe do oceano.

Mesquinhez

Como todos os deuses gregos, Poseidon era mesquinho, tinha acessos de raiva e fantasias caprichosas que não deixavam espaço para as opiniões alheias. Embora ele desse muito trabalho aos seus alvos, também se distraia muito facilmente. Às vezes, durante a Odisseia, Poseidon parecia se esquecer de Odisseu, permitindo-lhe fazer progressos em sua viagem de volta, até continuar a atormentá-lo novamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível