Quais são as possíveis complicações pós-castração?

Escrito por rena sherwood | Traduzido por raquel l. pontes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as possíveis complicações pós-castração?
Até porquinhos-da-índia podem ser castrados (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Castração é o termo comum para a ovário-histerectomia em animais. Embora feita na maioria das vezes em cães, gatos e furões fêmeas, também pode ser realizada em animais muito menores,11' como o porquinho-da-índia. Os muitos benefícios da castração incluem a eliminação de comportamentos incômodas em fêmeas no cio, redução no número de filhotes indesejados e a prevenção de câncer no ovário. Assim como em muitas outras cirurgias, há certos riscos envolvidos.

Outras pessoas estão lendo

Infecção

A infecção pós-operatória é um problema possível de qualquer cirurgia, especialmente uma em que o abdome é aberto. Isso expõe os órgãos internos a possíveis patógenos. Os sinais de infecções pós-castração incluem sangramento ou formação de pus no local da incisão, sangramento pela vagina, febre, perda de apetite ou vômitos. Os animais que passam por essa cirurgia geralmente recuperam o apetite em 24 horas ou menos. O inchaço é comum no local da incisão em gatos, de acordo com o Mar Vista Animal Medical Center, mas não é normal em cães ou porquinhos-da-índia.

Anestesia

Os animais podem morrer se sofrerem uma reação adversa à anestesia. Porém, as chances de isso acontecer com um animal saudável são pequenas, por causa dos avanços na ciência veterinárias nas últimas décadas. Um animal que está doente, como um porquinho-da-índia com cistos no ovário, corre mais risco porque seu corpo já está sob estresse. Em cachorros e gatos, exames de sangue podem ser realizados para descobrir se eles possuem riscos de sofrer uma reação adversa.

Pontos mordidos

Animais que passaram por castração podem lamber, morder ou até mesmo puxar seus pontos porque coçam ou são desconfortáveis. Não permita que eles lambam ou mordam, pois esses comportamentos podem arrancar os pontos e levar a uma infecção. Cães e gatos podem precisar usar um cone ou colar elisabetano para evitar que alcancem os pontos. Animais que passam por essa cirurgia precisam ter seus pontos observados com a maior frequência possível para notar qualquer dano. Leve o seu bicho de estimação ao veterinário imediatamente para refazer os pontos caso eles estejam soltos ou tenham sido arrancados. Furões raramente os mordem ou arrancam.

Incontinência

Cerca de 20% das cadelas que passaram por castração sofrem de incontinência, de acordo com a página VetInfo.com. Isso acontece porque os hormônios produzidos pelos ovários ajudam a regular os músculos do esfincter. Cães afetados por essa complicação irão urinar mais enquanto dormem. Raças maiores, como os pastores alemães, estão mais suscetíveis a desenvolver complicações pós-castração do que raças menores. A incontinência causada pela castração em cachorros é facilmente tratada com pílulas hormonais. Esse problema não acontece com outras espécies.

Quais são as possíveis complicações pós-castração?
Raças maiores estão mais suscetíveis a incontinência causada pela castração (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível